15 de Dezembro de 2017
10º
max. 16º
min. 8º
notícias
iniciativas em destaque
gastronomia 26 de Maio de 2014
Produtos de Setúbal à prova

A gastronomia e os vinhos da região de Setúbal estiveram à prova, entre os dias 23 e 25, num evento enogastronómico realizado na Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal, com provas vínicas comentadas e sessões de cozinha ao vivo.

Doces tentações saltavam à vista ao entrar na zona de expositores do “Setúbal à Prova”, convidando a momentos de degustação e de descoberta de sabores da região. Entre vinhos e outras iguarias, difícil foi escolher por onde começar neste evento da Câmara Municipal e da Comissão Vitivinícola da Região da Península de Setúbal.

Uma primeira passagem ajudava a conhecer as mais de duas dezenas de participantes do evento, sobretudo adegas da península de Setúbal, mas também confeitarias, produtores de ostras e de sal. De Espanha veio o município de Almendralejo, assim como uma empresa de produção gráfica de produtos.

Tintos, verdes, brancos e os generosos moscatéis. Todos marcaram presença e puderam ser experimentados e adquiridos pelos visitantes, assim como os queijos, o pão, o mel e tantos outros artigos de produção regional. Também não faltaram as típicas conservas e as ostras do Sado.

Ao som de música jazz, que parecia acompanhar os ténues raios de sol que irrompiam entre as copas das árvores agitadas pela brisa marítima, os lábios saboreavam mais vinho, fosse sentado num dos vários espaços de degustação, fosse a caminhar, com o olhar disperso, a contemplar vestígios de uma antiga unidade militar.

Estes momentos só eram interrompidos pela curiosidade de participar nas várias atividades dinamizadas no “Setúbal à Prova”, como nas sessões de show cooking e nas conversas e provas comentadas por especialistas sobre vinhos da Península de Setúbal, incluindo os generosos moscatéis,

Se nas provas comentadas foi possível receber conselhos práticos para aprender a selecionar, guardar e degustar diferentes tipologias de vinho, na cozinha, vários chefs convidados demonstraram formas inovadoras de confecionar produtos como o atum, o choco e a sardinha, a par da preparação de sushi.

As provas comentadas do evento produzido pela Essência do Vinho, com o apoio da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal, contaram com as participações de Rodolfo Tristão, presidente da Associação de Escanções de Portugal, e de Manuel Moreira, sommelier da Revista Wine.

Já as atividades de cozinha ao vivo, todas com temáticas diferentes, foram dinamizadas pelos chefs José Serrano, Vasco Alves, Luís Barradas e Fernanda Amaro, a par do chef Alexandre Silva, dos restaurantes lisboetas Bica do Sapato e Alexandre Silva na Ribeira.

“É uma iniciativa fantástica”, sublinhou a presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, na inauguração evento, o primeiro deste tipo a ser realizado no antigo Quartel de Infantaria 11, um “espaço histórico que ganhou uma nova vida e condições de utilização excecionais e que deve ser usufruído por todos”.

A autarca, ao destacar o investimento realizado nos últimos anos na promoção das “potencialidades da cidade e da região”, afirmou que “é precisamente com este tipo de eventos que Setúbal fica à prova” dos munícipes e visitantes. “E Setúbal passa na prova com distinção.”

Na visita ao espaço, um cumprimento mais alargado a Almendralejo, município espanhol que marcou presença no evento e com o qual a Autarquia celebrou, recentemente, um acordo de colaboração, para partilha de experiências no âmbito de diferentes quadrantes sociais e económicos, nomeadamente no turismo vínico.

“A participação de expositores internacionais atesta a importância deste evento ibérico”, realçou Maria das Dores Meira, ao frisar que “Setúbal tem muita qualidade nos eventos que dinamiza e condições de excelência para promover os produtos da região”.

O evento enogastronómico, que ao longo de três dias atraiu muitos setubalenses e visitantes do concelho àquela montra privilegiada dos produtos da região setubalense, mereceu elogios do presidente da Comissão Vitivinícola da Região da Península de Setúbal, Henrique Soares.

“Tudo o que é bom está aqui. É uma iniciativa que tem tudo para ser um sucesso e continuar”, referiu aquele responsável, ao vincar a importância de associar a gastronomia e os vinhos ao turismo. “É uma aposta estratégica e fundamental para a região. Atrai mais turistas e gera riqueza.”

Henrique Soares destacou que, com a realização do “Setúbal à Prova”, foi possível “ver, experimentar e comprar produtos da região, incluindo alguns que porventura nem sequer conheciam”, assim como como alargar o conhecimento sobre gastronomia e vinhos, “outra das atrações do evento”.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign