23 de Outubro de 2017
13º
max. 25º
min. 10º
notícias
iniciativas em destaque
bicentenário 13 de Março de 2017
Programa celebra Almeida Carvalho

Setúbal deu início no dia 11, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, às comemorações do bicentenário de João Carlos d’Almeida Carvalho, personalidade do município de destaque no século XIX por inúmeros contributos para a sociedade e história local.

“O principal propósito das comemorações do segundo centenário do nascimento de João Carlos d’Almeida Carvalho é, precisamente, o de tornar conhecida a vida e a obra de uma notável personalidade setubalense”, sublinhou no vereador da Cultura da Câmara Municipal de Setúbal, Pedro Pina, durante a cerimónia de abertura das comemorações.

Um dos principais legados de Almeida Carvalho centra-se no considerável acervo de estudos e investigações sobre a História de Setúbal, trabalho que ganhou particular relevância depois de o antigo arquivo municipal ter sido destruído com o incêndio que consumiu os Paços do Concelho na aurora de 5 de outubro de 1910, fruto dos movimentos que iriam resultar na implantação da República em Portugal.

O trabalho de Almeida Carvalho, por exemplo sobre arqueologia romana ou até mesmo os hábitos da sociedade setubalense do século XIX, resistiu aos tumultos por se encontrar armazenado no Arquivo Distrital de Setúbal, constituindo-se, atualmente, como a principal referência documental para o desenvolvimento de qualquer investigação sobre a história do concelho.

As comemorações do bicentenário do nascimento de João Carlos d’Almeida Carvalho foram impulsionadas pelo MAEDS – Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal, instituição tutelada pela Associação de Municípios da Região de Setúbal, e contam com um conjunto de parcerias além da Câmara Municipal.

Esses parceiros estiveram também representados na cerimónia de abertura das comemorações, nomeadamente com o presidente da Universidade Sénior de Setúbal – Centro de Iniciativas Manuel Medeiros, Arlindo Mota, o presidente da Liga dos Amigos de Setúbal e Azeitão, Machado Luciano, a diretora do Arquivo Distrital de Setúbal, Glória Santos, e o presidente da Assembleia Municipal de Setúbal, Rogério Palma Rodrigues, assim como os presidentes da União das Freguesias de Setúbal, Rui Canas, e da Junta de Freguesia de Sebastião, Nuno Costa.

“Contamos ainda com a valiosa colaboração do jornal ‘O Setubalense’, justamente o título que a prestigiada figura local que foi Almeida Carvalho fundou em 1855, sendo um dos mais antigos títulos da imprensa portuguesa”, acrescentou Pedro Pina.

A complementar a cerimónia de abertura das comemorações realizaram-se duas conferências no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

A diretora do MAEDS, Joaquina Soares, abordou o tema “João Carlos d’Almeida Carvalho e a Sociedade Arqueológica Lusitana”, título justificado pelo facto de ter sido a personalidade oitocentista uma dos principais responsáveis pela criação da agremiação de cariz científico e cultural e que viria a receber a proteção do rei D. Fernando II.

A segunda alocação coube a Carlos Mouro, investigador da história local, que apresentou notas biográficas sobre o homenageado.

As comemorações do bicentenário do nascimento de João Carlos d’Almeida Carvalho, responsável, também, pela criação de uma das primeiras associações mutualistas, da qual deriva a atual Associação de Socorros Mútuos Setubalenses, decorrem até setembro.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign