17 de Outubro de 2017
17º
max. 21º
min. 14º
notícias
iniciativas em destaque
homenagem 01 de Abril de 2016
Programa evoca Sebastião da Gama

O 92.º aniversário do nascimento de Sebastião da Gama é assinalado ao longo de abril, no concelho de Setúbal, com um programa cultural que evoca a memória e a obra do poeta azeitonense.

O programa comemorativo, promovido pela Câmara Municipal de Setúbal, pela Associação Cultural Sebastião da Gama e pela Junta de Freguesia de Azeitão, começa no dia 9, às 15h00, no Museu Sebastião da Gama, com a inauguração da mostra de poemas do concurso “Arrábida Poesia”, por alunos do 1.º ciclo do Agrupamento de Escolas de Azeitão.

Meia hora depois, o mesmo espaço museológico localizado em Vila Nogueira de Azeitão recebe a cerimónia de lançamento da brochura “Lugar de Bocage na Nossa Poesia de Amor”, da autoria do poeta azeitonense Sebastião da Gama.

À noite, já na cidade de Setúbal, o Salão Nobre dos Paços do Concelho é palco de um concerto evocativo pelo Coro Setúbal Voz, apontamento musical com início às 21h30.

Em dia de aniversário de Sebastião da Gama, a 10 de abril, há a habitual deposição de flores na estátua erigida ao poeta, na Praça da República, em Vila Nogueira de Azeitão, cerimónia com início às 10h00.

O concurso literário “Arrábida Poesia” entrega prémios aos melhores trabalhos no dia 16, às 15h00, no Museu Sebastião da Gama, a que se segue, às 16h00, um roteiro de poesia, com a declamação de poemas em vários pontos de Vila Nogueira de Azeitão, atividade dinamizada em parceria com a Casa da Poesia de Setúbal.

O programa comemorativo do 92.º aniversário do poeta azeitonense reserva ainda, no dia 30, às 15h30, no Museu Oceanográfico, no Portinho da Arrábida, a palestra “Sebastião da Gama e a Serra-Mãe”, por João Ribeiro, iniciativa promovida em parceria com o Parque Natural da Arrábida.

Sebastião Artur Cardoso da Gama nasceu em 10 de abril de 1924, em Vila Nogueira de Azeitão, tendo completado a licenciatura em Filologia Românica em 1947 na Faculdade de Letras de Lisboa.

“Serra-Mãe”, de 1945, foi a primeira obra do poeta editada em vida, seguindo-se “Cabo da Boa Esperança”, de 1947, e “Campo Aberto”, 1951.

No dia 7 de fevereiro de 1952, Sebastião da Gama morre, com apenas 27 anos, vítima de tuberculose renal, doença que sofria desde a adolescência.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign