18 de Dezembro de 2017
13º
max. 13º
min. 2º
notícias
iniciativas em destaque
fórum 03 de Setembro de 2012
Recital reabre Fórum Luísa Todi

A cerimónia de reabertura do renovado Fórum Municipal Luísa Todi realiza-se a 15 de setembro, Dia de Bocage e da Cidade, às 21h30, com um programa que integra um recital com a cantora lírica Elisabete Matos.

A soprano, acompanhada no espetáculo pelo pianista Nuno Vieira de Almeida, é uma artista com reconhecimento internacional, tendo sido aplaudida ao lado de vozes como Placido Domingo e José Carreras.

Natural de Braga, tem uma forte ligação a Setúbal, uma vez que foi distinguida com o primeiro prémio do Concurso Nacional de Canto Luísa Todi, em 1991, iniciando uma carreira com atuações nas maiores salas de espetáculos nacionais e internacionais.

O Teatro Nacional de S. Carlos, em Lisboa, o Teatro Real de Madrid, o Teatro Régio de Turim, a Ópera de Roma, a Washington Opera e o Teatro de la Maestranza de Sevilha são alguns exemplos.

Elisabete Matos é Oficial da Ordem do Infante D. Henrique e recebeu a Medalha de Ouro da Cidade de Guimarães por Mérito Artístico.

Antes do recital, participam na cerimónia o Teatro do Elefante, com uma animação de rua, e a Jazz Class Dámsom.

Na véspera a Autarquia oferece aos funcionários municipais a projeção do filme “Os Dez Mandamentos”, película exibida na estreia, em 1960, da sala de espetáculos, após a construção do edifício.

Maior exemplo da modernidade que, agora, dota as instalações é precisamente a sala de espetáculos, com 634 lugares – 398 distribuídos na plateia e 236 no balcão –, totalmente remodelada e forrada a madeira para uma maior eficácia acústica. O palco cresceu dez metros em profundidade e, na frente, há um fosso de orquestra com capacidade para 55 músicos.

As novidades do “Luísa Todi”, em termos de valências para o público, não se ficam pela sala principal, tendo sido criado, no último piso, um espaço polivalente para espetáculos de menor dimensão.

Com lotação de 60 lugares na configuração de café-concerto e 132 em plateia, espreita, a poente, para a Arrábida. Uma janela abre-se, a sul, sobre o estuário do Sado e a península de Troia.

Um novo sistema de climatização, régie de som e luz, cabinas de tradução e um pequeno espaço lúdico destinado a crianças são outras características do Fórum, cuja entrada principal se faz agora pelo alçado poente, local onde fica a bilheteira.

No exterior, haverá uma escultura baseada numa gravura da cantora lírica, em silhueta, distribuída ao público presente numa atuação de Luísa Todi em Veneza, Itália, em 1791.

Outra intervenção escultórica, alusiva a todos os sítios onde a diva setubalense atuou, e uma exposição sobre a história da sala de espetáculos forram as paredes do foyer, espaço com uma área de cafetaria renovada, na localização antiga. As placas comemorativas do Festroia são reorganizadas cronologicamente e colocadas nas paredes dos acessos à plateia e ao balcão.
 

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign