22 de Outubro de 2017
16º
max. 21º
min. 10º
notícias
iniciativas em destaque
música 31 de Março de 2014
Rock dos Stone Dead vence final

Os alcobacenses Stone Dead foram os grandes vencedores do 10.º Concurso de Bandas de Garagem de Setúbal, numa final com cinco grupos em competição realizada no dia 29, à noite, na Capricho Setubalense.

“Levamos o coração cheio. Foram duas noites com concertos espetaculares, muitas amizades travadas e um triunfo na final do concurso. Sinceramente, não estávamos à espera disto tudo”, afirmou Jonas Gonçalves, guitarrista da banda de Alcobaça, projeto musical na estrada há cerca de dois anos.  

Pelo triunfo nesta iniciativa da Câmara Municipal de Setúbal, organizada em parceria com a Capricho Setubalense, os Stone Dead foram premiados com atuações na Feira de Sant’Iago e no Festival Rock no Sado, bem como com a gravação de um single e com um cheque de mil euros.           

“Vamos aproveitar ao máximo os prémios, sobretudo as atuações em palcos de maior dimensão e para um público mais abrangente, até porque sempre que tocamos ao vivo é uma excelente oportunidade para promover a nossa música”, realçou o jovem guitarrista do grupo, com concertos agendados até setembro.

No palco da Capricho Setubalense, perante mais de três centenas de pessoas, o quarteto de Alcobaça deu espetáculo. O som da harmónica anunciava um tema inspirado em clássicos do rock americano. “Stone John”, do EP “The Stone John Experience”, fez o público vibrar e arrancou os maiores aplausos da noite.

Os Stone Dead, que buscam inspiração em várias bandas, sobretudo com sonoridades de rock clássico e dos anos 70, preferem não ser catalogados. Traçam o próprio som e estilo. E não acreditam em competição pura e dura.

“Na música não há concorrência. Sabemos que é um concurso mas acreditamos na união. Temos de puxar uns pelos outros, para tentar construir algo melhor, um movimento”, afirmou João Branco, vocalista/guitarrista dos Stone Dead, ao revelar a maior ambição da banda.

“Queremos ir para estúdio gravar um álbum. Este é o nosso maior desejo”, revelou, para adiantar que o prémio monetário conquistado no concurso setubalense pode ser um importante “empurrão” na concretização desse objetivo.

Na primeira viagem à cidade sadina, para uma atuação na terceira eliminatória do 10.º Concurso de Bandas de Garagem de Setúbal, o grupo veio com tempo apertado. Prometeu voltar, com mais disponibilidade para visitar a cidade. “Ainda não foi desta, mas já deu para dar uma volta por ai”, confessou, entre risos, o vocalista.

Na noite de todas as decisões, sucesso igualmente para os EMMA. O projeto musical de Setúbal, em desenvolvimento há cerca de um ano, que aposta em sonoridades inspiradas no rock/pop progressivo, ficou em segundo lugar e arrecadou as distinções de Melhor Banda do Concelho e Banda do Público.

A juntar a um prémio monetário de 700 euros correspondente ao segundo lugar, conquistou, pelas restantes distinções, o direito a atuar na Feira de Sant’Iago, a oportunidade de gravar quatro temas numa produtora e um cheque de 500 euros.

Tio Rex, projeto a solo do setubalense Miguel Reis, ficou em terceiro lugar e ganhou 500 euros, enquanto os Oleo, trio de Setúbal que alcançou o quarto posto, ganhou 200. Já os Brace Yourself, de Faro, ficaram em quinto lugar e amealharam 100 euros.

O júri concurso foi composto por Pedro Brinca, do jornal Setúbal da Rede, Hugo Tavares, pela Câmara Municipal, João Miguel Fernandes, da Fábrica de Artistas de Setúbal, Fábio Batista, em representação da Capricho Setubalense, e Tiago Pereira, da Rádio Super FM.

É uma sensação magnífica ver sempre bandas a despoletar neste concurso”, salientou Pedro Brinca, na entrega de prémios.

Momentos antes, o palco da Capricho Setubalense foi ocupado pelos Hills Have Eyes, banda de metal setubalense convidada, que espalhou vigorosos decibéis pela sala.

O Concurso de Bandas de Garagem de Setúbal, nesta edição a celebrar uma década de existência, é a principal iniciativa do programa municipal m@rço.28, que assinala localmente o Mês da Juventude, o qual contou, ao longo do mês, com um conjunto de eventos para todos os públicos.

“São dez anos a celebrar música”, enalteceu o vereador da Cultura da Autarquia, Pedro Pina, para reforçar que a “Câmara Municipal de Setúbal continua a ter nesta iniciativa um espaço privilegiado para dar oportunidade a novos valores, não só de Setúbal mas também de outros pontos do País”.

A música “é uma área artística muito procurada pelos jovens e uma forma muito particular de reivindicação e de expressão cultural”, vincou o autarca. “Setúbal abre as portas para que outros venham mostrar os seus talentos. Esta aposta, ganha, é também um sinal de vitalidade da juventude.”

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign