20 de Outubro de 2017
18º
max. 21º
min. 18º
notícias
iniciativas em destaque
cidadania 13 de Abril de 2012
S. Sebastião conhece investimentos

A Câmara Municipal apresentou, no dia 12, a moradores de S. Sebastião um conjunto de intervenções executadas e outras programadas para esta freguesia em encontro realizado no âmbito do projeto “Ouvir a População, Construir o Futuro”.

Na primeira de duas reuniões nesta freguesia, que decorreu na sede do Grupo Desportivo “Os Amarelos” - a segunda decorre dia 16, às 21h30, na sede da Junta de S. Sebastião -, o Executivo municipal apontou soluções para as necessidades identificadas neste território da cidade e esclareceram os munícipes sobre outras questões que estes apresentaram no encontro.

“Esta foi a última das freguesias a ser visitada pelo Executivo no âmbito deste projeto sem precedentes. Foram dois meses intensos e de muito trabalho, com visitas a 261 ruas, 49 bairros e 74 sessões de atendimento em S. Sebastião, uma das mais populosas [com cerca de 56 mil habitantes] do País, com visitas a bairros, instituições e coletividades”, indicou a presidente da Câmara Municipal, Maria das Dores Meira.

Na posse do levantamento de necessidades resultante do trabalho de terreno, a Autarquia deu prioridade à resolução das questões verificadas em estabelecimentos de ensino. A adaptação de instalações sanitárias para crianças portadoras de deficiências, a reparação de um telhado, trabalhos ao nível das infraestruturas elétricas e o fornecimento de um monobloco para o desenvolvimento de atividades extracurriculares são alguns dos trabalhos já executados. 

Noutras áreas de intervenção urbana, a autarca esclareceu que a Câmara Municipal “vai conseguindo, dentro das possibilidades, executar algumas obras”, adiantando que outras, de maior dimensão, demoram mais tempo devido aos avultados investimentos necessários.

Após a visualização de um filme de introdução sobre o trabalho realizado pela comitiva municipal na freguesia de S. Sebastião no âmbito do “Ouvir a População, Construir o Futuro”, os munícipes presentes no encontro tiveram oportunidade de abordar os membros do Executivo sobre diversas questões.

A necessidade de intervenções na Rua Camilo Castelo Branco foi um dos pontos levantados no encontro. Sobre este local, relativamente aos prédios devolutos existentes no local, Maria das Dores Meira esclareceu que a Autarquia já notificou os proprietários para essa situação.

A execução de trabalhos de infraestruturação de saneamento e drenagem de águas e a repavimentação desta rua estão também no horizonte de prioridades do Executivo, que espera, em 2013, poder arrancar com esta intervenção.

“Neste momento temos duas grandes operações a decorrer no Concelho. Uma em Azeitão, em Vale de Cães, onde não havia arruamentos nem infraestruturas básicas de saneamento, outra nos bairros da Terroa e do Peixe Frito, com a implementação de medidas corretivas no sistema de drenagem de águas, que hoje [no dia 12] entrou na segunda fase”, reforçou a edil.

Para a Rua Camilo Castelo Branco, adiantou Maria das Dores Meira, “já existe um projeto para a execução de uma obra muito importante, mas, em face do elevado investimento necessário, cerca de 900 mil euros, ainda não foi possível avançar com a ação”.

A limpeza e higiene urbana é outra das áreas em que a Câmara Municipal está a investir. “É uma área que estamos, gradualmente, a reassumir, com o objetivo de melhorar as condições deste serviço para a população”, frisou a autarca.

A remoção de um conjunto de viaturas abandonadas na via pública é outra das ações programadas pela Autarquia, a executar até ao final do primeiro semestre. Operações urbanísticas, como asfaltamentos, recuperação de passeios e lancis estão, igualmente, programadas a médio prazo.

Na apresentação dos resultados das visitas realizadas na freguesia de S. Sebastião, Maria das Dores Meira enalteceu ainda a delegação de competências para as juntas, medida que permite “estar mais perto da população e resolver os problemas mais rapidamente e com os mesmos recursos”.

O projeto “Ouvir a População, Construir o Futuro” é uma operação de aproximação dos munícipes da gestão autárquica, iniciada em 2010, e que levou Executivo municipal e corpo técnico da edilidade a percorrer, com minúcia, todas as freguesias de Setúbal, para inventariação de necessidades e realização de reuniões com a população.

Maria das Dores Meira faz um balanço “extremamente positivo” deste projeto, com “imensas mais-valias para a população”, considerando que o projeto constitui “um trabalho conjunto com as juntas de freguesia que ajudou a solucionar inúmeros problemas, alguns que se arrastavam há largos anos”.

O projeto, que classificou como “uma grande aprendizagem para todos”, permitiu resolver perto de “70 por cento dos problemas identificados nas freguesias”, vincou a presidente da Câmara Municipal. “Foram muitos quilómetros percorridos no Concelho, sempre próximos da população. É a nossa maneira de trabalhar e de estar na gestão autárquica”, frisou.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign