18 de Dezembro de 2017
max. 12º
min. 2º
notícias
iniciativas em destaque
certame 28 de Agosto de 2017
Sabores do Sado em festa na Mourisca

Os sabores do Estuário do Sado foram degustados nos dias 25, 27 e 27, à beira-rio, na 18.ª Festa do Moinho de Maré da Mourisca, certame com concursos gastronómicos, concertos, artesanato, dança e atividades desportivas.

Ostras e mariscos variados, a par de outras iguarias e petiscos, como choco frito, arroz de lingueirão, pica-pau, pipis e moelas, foram reis nas ementas das tasquinhas dinamizadas pelo movimento associativo das juntas de freguesia do Sado e de Gâmbia, Pontes e Alto da Guerra.

O certame realizado na Herdade da Mourisca, que ao longo de três dias contou com milhares de visitantes e que tem na gastronomia a principal riqueza, contou também com outros motivos de interesse, nomeadamente espetáculos musicais com Toy, Cantares do Sado e Banza, entre outros.

As atividades desportivas também marcaram a 18.ª Festa do Moinho de Maré da Mourisca, com um conjunto de iniciativas, incluindo um passeio de BTT, com que tiraram o melhor proveito dos recursos naturais que fazem da Herdade da Mourisca um dos locais de excelência do concelho.

A festa, que nesta edição atingiu a maioridade, é um exemplo do fulgor associativo que pauta o território setubalense. “As coletividades demonstram dinamismo, capacidade de ultrapassar as dificuldades e entusiasmo para inovar”, destacou, na abertura do certame, a presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira.

O tradicional certame de final de agosto organizado pela Comissão de Festas do Moinho de Maré da Mourisca e pelas juntas de freguesia do Sado e de Gâmbia, Pontes e Alto da Guerra mostram vitalidade. “São 18 anos a oferecer o que de melhor existe nestas freguesias, desde logo os inigualáveis sabores do Sado”, realçou a autarca.

Os três dias de festa são também pretexto para visitar o Moinho de Maré, instalado em pleno território estuarino. “Um espaço que reabrimos [há um ano] depois de obras de modernização que o tornam num significativo polo de atração turística”, reforçou Maria das Dores Meira.

O certame, com diversos apoios, incluindo a Câmara Municipal de Setúbal, contou ainda com o 17.º Concurso de Gastronomia, para eleição do melhor prato do certame, cujo troféu foi para a associação Azul Bissexto, com choco frito acompanhado de açorda de ovas.

Já o 12.º Concurso de Doçaria premiou com o melhor prémio a torta à setubalense da associação Sado Acolhe, enquanto o 12.º Concurso de Licores distinguiu o licor de maçã riscadinha preparado pela Associação de Solidariedade Social da Freguesia de Gâmbia, Pontes e Alto da Guerra.

Novidade na edição deste ano do certame foi a criação de um novo concurso, destinado a distinguir a melhor apresentação dos vários participantes do 17.º Concurso de Gastronomia, do 12.º Concurso de Doçaria e do 12.º Concurso de Licores

Em gastronomia, o prémio foi para a espetada de choquinhos da Sado Acolhe enquanto a pera bêbeda em vinho de moscatel com base de requeijão do Grupo Ultras 1910 venceu nos doces. Já o licor de laranja do Grupo de Dança e Cantares Regionais do Faralhão obteve a melhor apresentação nos licores.

“Esta foi uma das edições mais concorridas de sempre, com mais pessoas sobretudo na sexta-feira [dia 25] e no sábado [dia 26], vincou Íris Campos, da Comissão de Festas do Moinho de Maré da Mourisca, adiantando que vários produtos das oito coletividades participantes esgotaram. “Foi um ano diferente.”

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign