21 de Julho de 2018
22º
max. 27º
min. 16º
notícias
iniciativas em destaque
encontro 09 de Julho de 2018
Segurança nas redes sociais

A contribuição das redes sociais para questões relacionadas com a segurança urbana esteve em análise num encontro promovido, no dia 6, pelo Fórum Europeu de Segurança Urbana, com o apoio da Câmara Municipal, na Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal.

“A utilização deste poderoso meio de comunicação que são as redes sociais para finalidades de segurança, com todas as virtudes e perigos que contém em si, representa um importante avanço na forma como se pode comunicar, instantaneamente, com milhares de pessoas, estejam onde estiverem”, sublinhou a presidente da Câmara Municipal, Maria das Dores Meira, esta manhã, na sessão de abertura.

Setúbal é uma das quatro cidades europeias a receber o evento de disseminação do projeto Medi@4Sec, promovido pelo Fórum Europeu de Segurança Urbana, com o objetivo de sensibilizar para as oportunidades e desafios das redes sociais na segurança urbana.

O encontro “Oportunidades e desafios da utilização das redes sociais na segurança urbana”, organizado em parceria com a Câmara Municipal, analisa a forma como as redes sociais podem contribuir para a organização e a execução de um grande evento e também como podem ser usadas, ou já estão a ser usadas, na gestão de crises.

Para a presidente da Câmara Municipal de Setúbal, além de constituírem um avanço para as forças de segurança, as redes sociais podem ser, por outro lado, “uma oportunidade para quem persegue fins mais obscuros”, pelo que considera útil a reflexão sobre estas questões, tendo em conta a privacidade e a segurança dos cidadãos.

Ao longo dos últimos dois anos, um conjunto de especialistas tem debatido estes temas em várias cidades europeias, no contexto do projeto Media@4sec, financiado por fundos comunitários, além de partilharem experiências sobre o uso das redes sociais para fins de segurança, a nível local, e o papel que podem desempenhar tendo em conta as necessidades e prioridades das autoridades e agentes de segurança locais.

O encontro de apresentação do projeto Medi@4Sec, por Myassa Djebara e Pilar De La Torre, do EFUS – Fórum Europeu de Segurança Urbana, e uma alocução de Rob Procter, da Universidade de Warwick, Reino Unido, sobre “a utilização do Twitter pela polícia nos tumultos de Londres em 2011.

Já o subintendente Paulo Ornelas Flor, porta-voz da Polícia de Segurança Pública, partilhou a experiência da PSP na gestão das redes sociais antes, durante e após um grande evento.

A manhã de trabalhos terminou com uma abordagem sobre a forma como as autoridades locais utilizam as redes sociais no âmbito da segurança pública e como lidam com este tipo de plataformas, com uma intervenção a cargo do chefe do Serviço de Comunicação e Imagem da Câmara Municipal de Setúbal, Sérgio Mateus.

Ao longo da tarde, Myassa Djebara e Pilar De La Torre conduziram o workshop/debate “Como podem as redes sociais contribuir para a organização e execução de grandes eventos e para gestão de crises”.

O EFUS – Fórum Europeu de Segurança Urbana, constituído por 250 cidades, entre as quais Setúbal, de 16 países da Europa, tem trabalhado, ao longo dos últimos trinta anos, para desenvolver e partilhar boas práticas no campo da prevenção do crime.

Atualmente, o EFUS é membro do consórcio do projeto Medi@4sec, iniciativa cofinanciada pela Comissão Europeia e coordenada pela Universidade de Warwick, que visa compreender oportunidades, desafios e considerações éticas para melhorar o uso de redes sociais na segurança pública.

outros sites

anterior

anterior

Informação Municipal
Setúbal pode ficar mais perto de si por correio, telemóvel ou por e-mail.
imagem da semana

vídeo da semana
associativismo
APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign