15 de Dezembro de 2017
max. 16º
min. 8º
notícias
iniciativas em destaque
mar 05 de Junho de 2017
Semana do Mar acaba em festa

Uma corrida de botes a remos no Parque Urbano de Albarquel, seguida de um almoço-convívio, encerrou, dia 4, em festa, a Semana do Mar e do Pescador 2017.

A animação começou bem cedo com a colocação das embarcações na água para as provas masculina e feminina da segunda edição da Corrida de Botes a Remos, um dos momentos altos da Mostra de Tradições Marítimas, que decorreu no Parque Urbano de Albarquel durante todos os dias da Semana do Mar e do Pescador, de 27 de maio a 4 de junho.

A força de braços levou os botes a bom porto, após um pequeno percurso ao longo da costa, ao qual assistiram dezenas de pessoas na margem.

No final, todos os participantes na corrida, pescadores e familiares participaram num almoço-convívio com massa de choco como prato principal, que contou com as presenças da vereadora das Atividades Económicas da Câmara Municipal de Setúbal, Carla Guerreiro, e do presidente da União das Freguesias de Setúbal, Rui Canas.

A festa foi animada, até cerca das 16h30, com a música do conjunto típico Cantares do Sado.

A segunda edição da Semana do Mar e do Pescador 2017 contou com diversas iniciativas para celebrar as tradições marítimas em Setúbal e o Dia Nacional do Pescador, que se assinalou a 31 de maio, com a deposição de flores no Memorial ao Pescador Setubalense Desaparecido, no Cemitério de Nossa Senhora da Piedade.

O dia 31 ficou, igualmente, marcado por uma visita de alunos de escolas do concelho à lota, uma homenagem a pescadores promovida pela SetúbalPesca e o lançamento da nova imagem das conservas da Sesibal, que em breve vão ser relançadas no mercado.

A Mostra de Tradições Marítimas, no Parque Urbano de Albarquel, com petiscos e música esteve sempre cheia todas as noites, mas um dos destaques que contribuíram para o sucesso e consolidação da Semana do Mar e do Pescador foi a realização de ateliers sobre tradições marítimas, que, entre segunda e sexta-feira, contaram com a participação de perto de quatrocentas crianças de cinco escolas do concelho.

Os alunos das escolas básicas de 1.º ciclo do Casal das Figueiras, Arcos, Montalvão, Laranjeiras e São Gabriel tiveram oportunidade de participar em aulas de remo e canoagem e de aprenderem um pouco mais sobre diversas artes de pesca, sobre o entrilhar das redes, com antigos pescadores, e sobre carpintaria naval e calafetagem de barcos de madeira.

Numa parceria com a Ocean Alive, foi também dado a conhecer um pouco mais sobre a vida marinha do Estuário do Sado e da costa da Arrábida, em ateliers de sensibilização ambiental, a bordo da embarcação Maravilha do Sado.

Nesta ação, intitulada “Pradarias Marinhas: um ninho no fundo do estuário”, conduzida por uma bióloga marinha e uma pescadora, participaram duas centenas e meia de alunos do 4.º ano.

Entre muitas outras iniciativas, o Maravilha do Sado também proporcionou quatro passeios abertos à comunidade, nos dias 27 de maio e 3 de junho, que contaram com perto de duas centenas de pessoas.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign