11 de Dezembro de 2017
12º
max. 16º
min. 7º
notícias
iniciativas em destaque
convento 06 de Dezembro de 2013
Setúbal afirma-se na Europa

O modelo e as possibilidades de financiamento para a concretização da obra de reabilitação total do Convento de Jesus, em Setúbal, foram debatidas nos dias 5 e 6 no encontro anual da Europa Nostra, realizado em Bruxelas, Bélgica.

Na reunião desta organização não-governamental de defesa do património e da herança cultural europeias, foi apresentado à assembleia-geral o relatório da equipa de peritos que em setembro esteve em Setúbal a inteirar-se de todos os aspetos do projeto para o Convento de Jesus.

Na altura, a equipa multidisciplinar teve oportunidade de visitar os trabalhos que decorrem no âmbito da primeira fase de recuperação do Convento de Jesus, empreitada liderada pela Câmara Municipal de Setúbal com conclusão prevista para março de 2014.

Peter Bond, um dos técnicos presentes na visita de setembro, ao apresentar o relatório na Europa Nostra, salientou a riqueza histórica e cultural, material e imaterial do projeto de reabilitação do Convento de Jesus. Destacou, igualmente, a importância nacional e internacional desta operação.

O técnico, ao reforçar que a equipa de peritos vai fazer todos os esforços para a obtenção de financiamento, frisou que a concretização do projeto é uma peça-chave para o desenvolvimento do concelho de Setúbal, nomeadamente ao nível do crescimento económico, turístico, educativo e cultural.

No encontro anual da Europa Nostra marcaram presença, entre outras individualidades, o vereador da Cultura da Câmara Municipal de Setúbal, Pedro Pina, o presidente da Associação Portuguesa das Casas Antigas, Hugo O’Neill, e o presidente do Centro Nacional de Cultura, Guilherme d’Oliveira Martins.

Oliveira Martins sublinhou a importância dos contactos realizados pela Câmara Municipal de Setúbal e Centro Nacional de Cultura junto do Estado português para a obtenção de acesso aos fundos comunitários necessários. Já Pedro Pina e Hugo O'Neill reforçaram o empenhamento de Setúbal neste projeto.

No âmbito deste encontro, a comitiva nacional teve a possibilidade de debater o projeto do Convento de Jesus com o presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, com a comissária europeia da Cultura, Androulla Vassiliou, bem como com o presidente da Europa Nostra, Plácido Domingo.

A importância histórica e arquitetónica do Convento de Jesus motivou a inclusão deste monumento nacional num programa europeu de reabilitação, apoiado pelo Instituto do Banco Europeu de Investimento, que visa a recuperação de património em risco.

O apoio à reabilitação do Convento de Jesus foi anunciado em junho, em Atenas, Grécia, nas celebrações do quinquagésimo aniversário da Federação Pan-Europeia para o Património Cultural, que englobou o edifício do século XV numa lista restrita de monumentos em risco.

A decisão, conduzida e votada por unanimidade por um painel de peritos internacionais, permite o restauro integral do imóvel e a reabertura em pleno da joia manuelina com novas valências culturais e turísticas.

Obras e achados arqueológicos

Um importante conjunto de achados arqueológicos foi desvendado recentemente no decorrer da empreitada de reabilitação do Convento de Jesus, obra liderada pela Câmara Municipal que permite, numa primeira fase, suster e travar a degradação do monumento nacional.

No exterior do Convento de Jesus, na área poente, na qual se vai situar a entrada para um futuro espaço museológico, os trabalhos exploratórios no terreno permitiram descobrir antigos acessos ao edifício, espaços que se julgam ter sido de utilização semipública, perdidos quando o imóvel passou a ter a função de hospital.

Ali, entre várias peças descobertas, sobretudo cerâmica, azulejos e elementos em ferro de antigas janelas conventuais, dos séculos XVII e XVIII, encontram-se sinais dos pátios dos Padres e das Veleiras, bem como vestígios de uma roda, estrutura que era utilizada para ações de doação.

Traços da antiga ocupação do Convento de Jesus foram também descobertos após escavações na área norte do edifício. Um sistema de regadio arcaico cuidadosamente desenhado no chão salta à vista e deixa a claro a possível utilização do terreno noutros tempos – uma zona de cultivo, com pequenas hortas e jardins.  

Já na área nascente, local no qual está a ser criada uma ampla estrutura para instalação de um sistema de bombagem, com o objetivo de recolher e encaminhar águas pluviais para a rede de coletores públicos, as ações arqueológicas permitiram encontrar mais fragmentos de cerâmica e peças intactas.

Paralelamente às descobertas arqueológicas, que, no caso das estruturas imóveis, permanecem nos locais originais, podendo ser visitados aquando da abertura do Convento de Jesus ao público, continua a delicada intervenção de reabilitação do monumento.

O reforço de todas as infraestruturas do imóvel é uma das principais operações em andamento no âmbito do projeto “Recuperação e Valorização do Convento de Jesus”, incluído no Programa ReSet – Regeneração Urbana do Centro Histórico de Setúbal, um investimento global de 3 milhões, 264 mil e 4,13 euros.

Ao mesmo tempo, técnicos especializados conduzem operações de restauro em valiosos elementos que integram a arquitetura do Convento de Jesus, como é o caso da zona dos claustros. A fonte, instalada no centro daquela área, está a ficar como nova e, após vários anos de seca, vai novamente ter água.

Ali bem perto, a fonte do lavabo está praticamente restaurada. A Brecha da Arrábida que forra o pequeno claustro, agora corretamente impermeabilizado e sem fissuras, foi totalmente limpa e reabilitada. Também os azulejos que circundam o antigo lavabo são alvo de ações de renovação.

Intervenções semelhantes estão igualmente a ser executadas na Sala do Capítulo, bem como noutras áreas do imóvel com relevante interesse. Já a Sala do Alto Coro, da qual é possível observar o interior da igreja de Jesus, carece de uma intervenção mais profunda a executar em breve.

A colocação da cobertura na totalidade do Convento de Jesus, cujos tetos interiores são forrados a madeira, é uma das próximas etapas agendadas na empreitada liderada pela Câmara Municipal de Setúbal, operação a decorrer desde o final de dezembro de 2012.

No interior do imóvel, além da substituição integral da laje no primeiro piso, decorrem trabalhos que visam a colocação de novos pavimentos e revestimentos de paredes, bem como a remodelação do sistema elétrico e a instalação de redes de comunicação e de um sistema de climatização.

No âmbito desta intervenção foi já construído um edifício para apoio técnico, que acolhe, por exemplo, a maquinaria de climatização, estando ainda previsto a criação de rampas de acesso para pessoas com mobilidade reduzida e a instalação de um elevador, instalado no interior do próprio imóvel.

O Convento de Jesus, situado no interstício das muralhas quatrocentistas e seiscentistas, é a principal referência patrimonial de Setúbal, beneficiando de classificação como Monumento Nacional desde 1910.

Fundado em 1490, acolhe, desde o início da década de 60 do século XX, as instalações do Museu de Setúbal, acervo com diversas coleções artísticas, arqueológicas, históricas e documentais de elevado valor, nalguns casos com dimensão internacional.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign