23 de Outubro de 2017
11º
max. 26º
min. 9º
notícias
iniciativas em destaque
protocolo 04 de Outubro de 2012
Setúbal com centro de pós-graduações

Um protocolo de colaboração para a criação de um centro de pós-graduações em Setúbal foi celebrado no dia 4, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, entre a Câmara Municipal e a Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias.

O futuro Centro de Pós-Graduações da Universidade Lusófona a instalar em Setúbal vai disponibilizar um leque de cursos de formação especializada de curta e média duração, formação profissional e pós-graduações.

A presidente da Câmara Municipal, Maria das Dores Meira, sublinhou na cerimónia de dia 4 que o Concelho, “desde o encerramento do Polo da Universidade Moderna de Setúbal, perdeu alguma da sua capacidade de atração académica”, problema que a Autarquia está a procurar ultrapassar.

A autarca salientou igualmente que, no seguimento do esforço municipal desenvolvido para dotar o Concelho com boas infraestruturas e serviço de ensino em todos os níveis de educação, o protocolo celebrado hoje procura cumprir o objetivo de proporcionar em Setúbal “uma oferta cada vez mais qualificada, que se junte à qualidade do ensino superior” existente.

A oferta pedagógica do futuro polo de ensino da Universidade Lusófona tem como principal objetivo a formação de quadros superiores no sentido de responder às estratégias de desenvolvimento delineadas para a região de Setúbal e terá sempre em conta, sublinha o texto do protocolo, as expectativas e necessidades de mercado da população do Concelho.

A lista de pós-graduações do futuro centro pedagógico é constituída pelos cursos de “Ciências da Comunicação, Marketing e Publicidade”, “Comunicação nas Organizações”, “Programação e Gestão Cultural”, “Liderança e Team-Building”, “Enoturismo”, “Gestão Estratégica de Turismo de Natureza”, “Marketing Turístico”, “Gestão Desportiva”, “Gestão e Marketing de Eventos Desportivos e Turísticos”, “Direção e Gestão de Segurança”, “Contabilidade” e “Estudos Avançados em Política Aplicada”.

As pós-graduações, embora não confiram grau académico, podem, em contrapartida, dar acesso a mestrados e doutoramentos.

O presidente da direção da COFAC/Universidade Lusófona, Manuel Damásio, salientou que o futuro centro terá cursos de especialização “em todas as áreas e que poderão ser de curta duração, como um fim de semana”.

Manuel Damásio realçou ainda que aqueles cursos têm a possibilidade de “ser adaptados consoante as necessidades manifestadas, tanto pela população, como por instituições ou empresas”.

Com o total dos 12 cursos em funcionamento e duração variável de três a 11 meses, o estabelecimento de ensino conta atingir o número mínimo de 195 alunos.

Maria das Dores Meira adiantou que a Autarquia e a Universidade Lusófona estão a analisar “três ou quatro espaços possíveis em Setúbal” para a instalação do futuro Centro de Pós-Graduações, acrescentando que, a partir do momento em que existam alunos suficientes, os cursos podem já começar a ser ministrados, uma vez que existem “as excelentes instalações da Escola Profissional de Setúbal”.

O centro será conduzido por uma Comissão de Gestão, constituída por representantes de ambas as instituições e responsável, entre outras tarefas, pela identificação de atividades a desenvolver.

O protocolo de cooperação tem a duração de dez anos.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign