16 de Dezembro de 2017
12º
max. 13º
min. 5º
notícias
iniciativas em destaque
mulher 24 de Fevereiro de 2012
Setúbal comemora no feminino

“Participação Cidadã – 19 anos Março Mulher” é o título da edição deste ano do programa “Março Mulher”, que assinala anualmente em Setúbal o Dia Internacional da Mulher com um vasto programa de atividades.

O programa, organizado pela Sociedade de Estudos e Intervenção em Engenharia Social (SEIES), em parceria com a Câmara Municipal e em colaboração com várias instituições, inclui um leque alargado de iniciativas que abrangem áreas distintas como animações, artes, encontros e lazer.

No âmbito destas comemorações decorreu no dia 2 , uma tertúlia sobre fado com Rodrigo e outros convidados, na Associação de Moradores do Bairro da Anunciada.

“Cantigas do vinho, cantigas do pão” foi o título da homenagem a todas a mulheres conduzida por Quim Gouveia, no dia 8, no Centro Comunitário de Santa Maria da Graça.

A defesa da igualdade de género motivou, no dia 11, um passeio iniciado na Doca das Fontainhas,  com as animações a prosseguirem no dia 31, entre as 15h00 e as 23h00, no Largo da Fonte Nova, com o arraial Março Mulher 2012, que inclui o desfile “Todas as formas de mulheres”, espetáculos e comes e bebes.

Um prédio abandonado no Largo da Fonte Nova foi alvo de pintura de um mural, nos dias 8 e 10, no Largo da Palmeira, junto do restaurante Xico da Cana, repetindo-se iniciativa semelhante, a 27 e 28, das 14h00 às 18h00, subordinada ao tema da mulher e da pesca, no Muro das Oliveiras, localizado no Bairro de Troino.

Um workshop de escultura em barro realiza-se no dia 24, às 16h00, na galeria Arte & Imaginação.

Várias exposições estão agendadas no âmbito do programa comemorativo. A artista plástica Filomena Gago expõe até ao dia 21 no restaurante Passo do Olival, enquanto, de 1 a 12, no Atelier Pólvora d’Cruz, decorreu a venda de peças de arte e de artesanato, assim como animação de ateliers.

Uma mostra de pintura sobre o universo feminino, com convívio em torno da poesia, decorre até ao final de março, também no Atelier Pólvora d’Cruz, sendo que a exposição “Mulheres em contextos tradicionalmente masculinos”, com fotografias e testemunho, está patente até dia 30, no Centro de Cidadania Ativa.

Ao nível musical foi realizado o serão “Fado Vadio no Olival – Voz Mulher”, com a participação de Georgette de Jesus, Maria do Céu Caetano, Elisabete Ferreira, Sónia Colaço e outras convidadas a 8, no Dia Internacional da Mulher, no Passo do Olival.

Khalil Ensemble apresentou um espetáculo de dança e música libanesas no dia 9, no Passo do Olival, a que se seguiu uma aula aberta de danças de salão, no dia 15, na Sociedade Musical e Recreativa União Setubalense.

Nas artes cénicas, o Teatro Animação de Setúbal apresentou, no dia 9, no Espaço Fontenova, a peça “Pandora Boxe”, criada a partir do texto original de Rui Zink, dirigida por Carlos Curto e interpretada por José Nobre, Sónia Martins e Duarte Victor.

A mesma companhia leva a cena “…no meio de mil dores…”, com interpretação de Célia David, no dia 25, às 17h00, no Forte de S. Filipe, e o Teatro Estúdio Fontenova apresenta no dia 27, às 21h30, no Espaço Fontenova, “O cerco de palavras esculpidas nas memórias”.

A sétima arte está representada através do “Ciclo de Cinema Feminista”, a decorrer na Academia Problemática e Obscura, sempre às 21h30. O ciclo mostrou “Libertárias”, de Vicente Aranda, no dia 1, “Igualdade de Sexos – Made in Dagenham”, de Nigel Cole, a 8,  “Persépolis”, de Marjane Satrapi e Vincent Paronnaud, a 15, e vai exibir “Olhos azuis/Olhos castanhos”, um documentário de Jane Elliot, a 22.

O programa “Março Mulher” contempla ainda o ciclo “Cinema ao Ar Livre”, no Largo da Fonte Nova, que decorreu a 9 e 16, e tem uma sessão no dia 23, às 20h30.

A apresentação do documentário “Bela Vista BV” e do filme “Cama de Gato”, de Filipa Reis e João Miller Guerra, da Vende-se Filmes, prevista para o dia 22, às 18h30, no Cinema Charlot, foi cancelada, aguardando-se nova data da exibição, a ser divulgada em breve. 

A poesia foi o tema central de um convívio, no dia 4, no Atelier Pólvora d’Cruz, tendo sido realizado um lanche, dedicado à Mulher, no dia 8, na Associação de Moradores do Bairro da Anunciada.

“Poemas da minha vida”, por Io Appolloni, e pintura ao vivo, no dia 20, às 21h30, no restaurante Passo do Olival é o encontro que antecede as conversas interculturais intituladas “Às voltas com o tráfico das mulheres”, a 23, às 21h30, na Sociedade Musical Capricho Setubalense.

O Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal acolhe, a 24, pelas 16h30, uma sessão de solidariedade com as mulheres da Palestina, enquanto a Biblioteca Pública Municipal recebe, a 29, às 21h30, o encontro “Participação Cidadã – Que estratégias para a cidade de Setúbal?”.

No jornal digital Setúbal na Rede realizam-se debates em vários dias, assim como uma exposição de fotografia, até 30 de março. Para abril está agendada a tertúlia “A Cultura no Feminino”, dia 7, às 17h00, na galeria “Arte & Imaginação”.

Ao longo do mês de março o Centro de Cidadania Ativa promove várias oficinas e sessões de esclarecimento associadas ao bem-estar e à saúde, realizando-se, no mesmo local, no âmbito do Dia do Pai, a 19, das 10h30 às 17h00, o encontro “Homem que é homem…”.

Em paralelo ao programa principal “Março Mulher”, a Biblioteca Pública Municipal promove um conjunto de atividades para assinalar o Dia Internacional da Mulher.

Naquele espaço municipal foi apresentado, no dia 7, o livro “A Marquesa de Alorna”, de Maria João Lopo de Carvalho, e a 8 foi inaugurada uma exposição de poesia e realizada a palestra “Berta Menezes Bragança: uma mulher goesa”, conduzida por Anil Samarth, que incluiu a apresentação do quadro “Às Mulheres do Meu País”, inspirado no livro homónimo de Maria Lamas.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign