12 de Dezembro de 2017
max. 13º
min. 5º
notícias
iniciativas em destaque
comemorações 16 de Novembro de 2017
Setúbal fomenta cidade educadora

A Câmara Municipal de Setúbal associa-se à leitura pública do Manifesto dos Autarcas da Associação Internacional das Cidades Educadoras em cerimónia a ter lugar no dia 30, a partir das 10h00, na Praça de Bocage.

A iniciativa, que assinala o Dia Internacional das Cidades Educadoras, tem como objetivo divulgar os princípios fundamentais da Associação Internacional das Cidades Educadoras, da qual Setúbal faz parte desde 2012, nomeadamente o direito à educação e a uma cidade educadora.

A 30 de novembro, os 491 municípios que integram a associação promovem um conjunto de ações e atividades que incluem, em todas as cidades simultaneamente, uma leitura pública do Manifesto dos Autarcas.

Em Setúbal, a cerimónia realiza-se na Praça de Bocage e conta com intervenções do Executivo municipal e a participação da comunidade escolar do concelho.

A leitura pública do manifesto está marcada para as 10h00, a que se segue, às 10h15, o hastear da bandeira das cidades educadoras e um aplauso coletivo de agradecimento às escolas pela importante contribuição na construção de uma cidade educadora em Setúbal.

A partir das 10h30, a Praça de Bocage é animada com um conjunto de atividades preparadas pelas escolas.

Também no âmbito das comemorações do Dia Internacional das Cidades Educadoras, o vereador da Educação, Ricardo Oliveira, que deixa uma mensagem a propósito da iniciativa, participa em sessões em estabelecimentos de ensino do concelho, entre os dias 27 e 29, com o objetivo de debater e refletir com os alunos sobre os princípios das cidades educadoras.

A Associação Internacional das Cidades Educadoras é uma plataforma mundial de aprendizagem em que os municípios partilham conhecimentos e boas práticas nas áreas da educação e da cidadania.

Os membros têm acesso a duas ferramentas de trabalho, a Carta das Cidades Educadoras, documento orientador e compromisso formal adotado por todos na adesão, e o Banco Internacional de Documentos das Cidades Educadoras, que funciona como uma base de dados com informações sobre os programas de atuação geral no âmbito das políticas educadoras desenvolvidas, integrando, igualmente, projetos educadores dos vários municípios.

O movimento das cidades educadoras teve início em 1990 no “I Congresso Internacional de Cidades Educadoras”, em Barcelona, Espanha. Em 1994, formalizou-se como Associação Internacional das Cidades Educadoras, criada oficialmente na terceira edição do congresso, em Bolonha, Itália.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign