16 de Dezembro de 2017
max. 12º
min. 5º
notícias
iniciativas em destaque
teatro 28 de Março de 2013
Setúbal homenageia Manel Bola

Amigos e colegas do ator e poeta setubalense Carlos Rodrigues prestaram a 27 de março, Dia Mundial do Teatro, um tributo ao homem que Setúbal trata por Manel Bola, num evento realizado no Fórum Municipal Luísa Todi.

“Manel Bola é Setúbal”, exclamou a presidente da Câmara Municipal, Maria das Dores Meira, perante numa sala polivalente completamente lotada, num ambiente de festa, que viu o homenageado, emocionado, a não conter as primeiras lágrimas da noite. “É, tanto como ator e homem de teatro, um setubalense que se alegra por poder viver com os seus.”

Na maior casa do teatro da cidade, a autarca destacou o contributo do artista para a dinamização cultural. “É um dos atores setubalenses mais internacionais, aquele que, na já longa carreira, em mais filmes estrangeiros participou, em mais séries de televisão marcou presença, em mais peças de teatro entrou.”

Traços da personalidade de Carlos Rodrigues, de 68 anos, como a humildade e a afetividade, foram também destacados pela presidente da Autarquia. “É alguém que dispensa a distância que muitos atores muitas vezes impingem aos outros para se imporem como ícones idolatráveis” no panorama nacional e internacional.

“O Manel é, como muitos dos velhos amigos que vai revisitando diariamente nas deambulações pela cidade, um artesão dos palcos, porque ele os constrói e dá-lhes vida como só os atores sabem”, vincou Maria das Dores Meira. “Obrigado. Setúbal agradece-te por tudo o que fizeste por ela.”

Centro de todas as atenções, o homenageado da iniciativa organizada pelo TAS – Teatro Animação de Setúbal e Câmara Municipal, agradeceu a todos, sem exceção, pelo evento, e, no seu estilo singular, foi arrancado sorrisos e gargalhadas do público presente na sala polivalente do Fórum Municipal Luísa Todi.

“Estou muito feliz, sobretudo porque tudo isto foi planeado pela minha companhia”, desabafou Carlos Rodrigues, ou Manel Bola, levantando um pouco do pano sobre o que considera ser ator. “É uma atividade sublime. É representar as almas que gostaríamos de dar.”

A alegria, o carinho e a inseparável ligação a Setúbal fizeram-se sentir, ver e ouvir de várias maneiras, algo que não deixou o homenageado indiferente. “Gosto muito dos meus amigos. Quanto aos meus inimigos, sinceramente, não sei quem são”, confessou, lendo, de seguida, uma mensagem a propósito do Dia Mundial do Teatro, deixada pelo escritor, dramaturgo e comediante italiano Dario Fo, que destaca a importância desta arte para as sociedades.

O ator setubalense teceu ainda elogios ao esforço municipal que tem sido realizado para a dinamização cultural da cidade. “De há uns tempos a esta parte foram criadas estruturas e equipamentos que podem tornar Setúbal num grande polo cultural”, afirmou, destacando, entre outros, o requalificado Fórum Municipal Luísa Todi e a nova Casa da Cultura.

Ao longo do evento, Manel Bola foi agraciado por várias personalidades setubalenses ligadas à cultura, que revelaram histórias, muitas delas inéditas, e partilharam publicamente momentos de vida de palco, através da poesia, da música e das artes cénicas.

“De todas as celebrações, esta é a mais emocional”, sublinhou o diretor do TAS, Carlos Curto, referindo-se, de seguida, ao homenageado: “Manel Bola é o teatro. Carlos Rodrigues é um grande poeta. Este é um tributo ao ator e ao homem de letras.”

Participaram no evento de tributo Fernando Guerreiro, Maria Clementina, Duarte Victor, Célia David, José Nobre, Sónia Martins, Miguel Assis, Cristina Cavalinhos, Piedade Fernandes, José Teófilo Duarte e Emanuel Sousa.

“Foi pela mão dele que me fiz ator e abracei uma das paixões da minha vida”, destacou Fernando Guerreiro, frisando o “valor e talento de um dos maiores atores do Teatro Animação de Setúbal”.

Já Piedade Fernandes, agradecendo a Manel Bola por a ter incentivado a cantar e a enveredar por uma carreira musical, entoou o fado “Longe, Longe”, com letra de Carlos Rodrigues.

Entre tantas outras manifestações de apreço pelo ator e poeta setubalense, cruzando histórias antigas cruzadas com poemas, passando pelo livro de poesia “Sem Amor”, de Carlos Rodrigues, a uma distinção feita pela LASA – Liga de Amigos de Setúbal e Azeitão, o homenageado não ficou indiferente a nada.

“Este é um dia de emoções fortes”, vincou Manel Bola, terminando com uma simples mas sentida frase: “Façam o favor de ser felizes!”

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign