20 de Novembro de 2017
max. 22º
min. 5º
notícias
iniciativas em destaque
saúde 09 de Maio de 2012
Setubalenses vigiam coração

Cerca de 200 pessoas por dia estão a aproveitar o rastreio de saúde desenvolvido no âmbito da iniciativa “Sete Dias com o Coração”, que decorre, até dia 10, na placa central da Avenida Luísa Todi.

“Com exceção do primeiro dia, em que choveu e ainda assim apareceram mais de 50 pessoas, nos restantes dias a adesão tem sido muito boa”, observa Vanda Moreira, do Gabinete de Formação do Hospital de S. Bernardo.

Durante os “Sete Dias com o Coração”, iniciativa organizada pelo Serviço de Cardiologia do Centro Hospitalar de Setúbal e pela Câmara Municipal, em parceria com a Sociedade Portuguesa de Cardiologia, a população tem a oportunidade de realizar uma série de medições e exames com o objetivo de despistar eventuais problemas de saúde.

Ao longo de um circuito constituído por oito stands os visitantes realizam exames simples à obesidade e nutrição, à diabetes, ao colesterol e à tensão arterial e ao tabagismo.

O percurso inclui também um ECG, ou seja, um eletrocardiograma, e um exame de deteção de fibrilhação auricular, sendo que, no final, é feita uma avaliação global da saúde do utente, em particular se detetado algum risco de problemas cardiovasculares para um período de dez anos.

“Em geral, a maioria das pessoas apresenta valores na tensão arterial, na diabetes e no colesterol que merecem mais atenção e cuidados, mas, por exemplo, também passou por aqui uma pessoa que confirmou a existência de fibrilhação auricular. Nesse caso foi imediatamente encaminhada para o hospital, onde foi atendida no próprio dia”, sublinha Vanda Moreira.

Embora a avaliação dos resultados ainda se encontre numa fase preliminar, a técnica do Hospital de S. Bernardo sente que “a generalidade dos valores obtidos nos rastreios está um pouco mais elevada do que o esperado”, com principal incidência na diabetes e no colesterol.

Manuel Carreilo, 65 anos, saiu satisfeito no final do circuito, pois, além de ser “uma boa iniciativa”, os resultados foram satisfatórios. “Só o colesterol é que está um bocadinho alto, mas isso já sei que ‘vai ao sítio’ com alimentação mais saudável.”

Maria Lurdes da Cruz, 66 anos, concluiu o circuito ainda mais descansada, sem motivos de preocupação em relação à saúde. “Ainda assim deu para aprender mais qualquer coisa”, considera.

O sedentarismo e uma dieta alimentar menos correta estão na origem dos registos mais anormais, embora, “devido à crise, se note que também há pessoas que não se alimentam melhor porque simplesmente não podem”.

Os “Sete Dias com o Coração” estão abertos à população em geral até dia 10, funcionando na placa central da Avenida Luísa Todi, junto do coreto, entre as 09h00 e as 17h30.

Devido à adesão do público verificada nos últimos dias da iniciativa, a decorrer desde dia 7, é aconselhável chegar o mais cedo possível. O percurso de cada utente pelo circuito demora mais de 30 minutos.

Além dos rastreios, os visitantes recebem ainda vários conselhos sobre estilos de vida saudáveis e informações relativas a doenças rastreadas, além de poderem participar em curtas sessões de cursos de primeiros socorros, ministrados por elementos da Cruz Vermelha Portuguesa.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign