17 de Outubro de 2017
20º
max. 21º
min. 14º
notícias
iniciativas em destaque
colóquio 28 de Abril de 2017
Teatro latino debatido em Setúbal

As influências do teatro, música e dança de Portugal e de Espanha nos séculos XVI e XVII no desenvolvimento dos espaços teatrais na América latina estão em análise entre os dias 4 e 7 de maio, em Setúbal.

Mais de três dezenas de oradores participam no 1.º Colóquio Internacional TELA – Inventário dos Teatros da América Latina, evento com trabalhos centrados em Setúbal, na Casa da Baía, local no qual decorre um conjunto de conferências e debates que procuram enriquecer o conhecimento das artes cénicas.

O encontro científico tem como base uma perspetiva multidisciplinar, na qual participam especialistas oriundos de 14 países dos continentes europeu, africano e americano, de distintos campos de conhecimento, como arquitetura, design, história, teatro, dança, música e antropologia.

O programa, que começa com uma apresentação do projeto, concretamente na Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa, inclui, na Casa da Baía, em Setúbal, um encontro, dia 5, com receção de boas-vindas aos participantes, às 09h30, seguida de conferências, a partir das 10h00.

Além das conferências com participantes de Portugal, Espanha, Chile, Argentina, Brasil, Uruguai, México, Costa Rica, Colômbia, República Checa, Alemanha, França, Bélgica e Angola, o programa inclui uma viagem de barco e uma leitura encenada de excertos de textos representados a bordo das naus pelo Teatro Estúdio Fontenova.

O encontro é centrado no TELA, projeto que estuda o desenvolvimento do teatro na América Latina desde a época pré-colombiana até ao século XX, e que procura sistematizar informação sobre os edifícios e espaços cénicos mais significativos no território sul-americano.

Este projeto, que evoca as representações teatrais produzidas em Espanha nos séculos XVI e XVII e os confrontos gerados pela chegada das caravelas à América, visa ainda analisar a herança cultural patente nas múltiplas arquiteturas e os contributos para a construção dos teatros da atualidade.

O colóquio, a decorrer ao longo de quatro dias, entre Lisboa e Setúbal, é uma organização do projeto TELA – Inventário dos Teatros da América Latina e da Academia Internacional de Cenografia, com produção a cargo da companhia setubalense Teatro Estúdio Fontenova.

O evento conta com a colaboração da Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa, das câmaras municipais de Setúbal, Idanha-a-Nova e Fundão e da OISTAT/Espanha – Organização Internacional de Cenógrafos, Arquitetos e Técnicos de Teatro.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign