22 de Outubro de 2017
12º
max. 21º
min. 10º
notícias
iniciativas em destaque
arquivo 28 de Outubro de 2016
Tempos livres em estudo

O projeto Territórios do Lazer, numa parceria entre a Escola Superior de Educação e a Câmara Municipal de Setúbal, através do Arquivo Municipal, dá a conhecer a estudantes as formas antigas e atuais de ocupação dos tempos livres.

“O Arquivo Municipal como lugar de memória, de história e de identidade” é o lema desta iniciativa formativa sobre o papel dos arquivos na preservação e na difusão da memória das comunidades.

O projeto é desenvolvido no âmbito de uma unidade curricular da licenciatura em Animação e Intervenção Sociocultural da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal, em parceria com o Serviço Socioeducativo do Arquivo Municipal de Setúbal.

Em Portugal, a palavra lazer é muito associada pelo senso comum a um tempo vazio, desperdiçado, mas na sua origem significa um tempo livre de enriquecimento, de fruição, de descoberta, ou seja, está intimamente ligado à cultura.

Assim, com o projeto Territórios do Lazer procura-se dar importância ao lazer como um momento de encontro entre as pessoas e como um tempo de enriquecimento pessoal e cultural, fundamental para que as comunidades sejam coesas.

Tendo como ponto de partida a importância do documento enquanto elemento de memória, prova e conhecimento de uma instituição, indivíduo e comunidade, o projeto, a decorrer entre outubro de 2016 e maio de 2017, pretende envolver os alunos nas boas práticas de gestão do património arquivístico.

O objetivo é levar os alunos a usufruir dos bens e valores que constituem aquele património para, assim, ficarem a conhecer melhor a cidade e os fatos da história local.

Numa primeira fase, os alunos pesquisam informação sobre o que se fazia e o que se faz hoje nos tempos livres no concelho de Setúbal.

Os técnicos do serviço municipal acompanham o contacto dos alunos com os documentos através de métodos pedagógicos e técnicos, de acordo com características do acervo, e vão à Escola Superior de Educação prestar esclarecimentos sobre o papel social e a importância do arquivo.

Além do Arquivo Municipal, os alunos recolhem dados em diversas instituições, nomeadamente a Sociedade Musical Capricho Setubalense, o Club Setubalense, o Grupo Desportivo Independente e a Confederação Portuguesa das Coletividades de Cultura, Recreio e Desporto.

As escolas básicas da Gâmbia, do Montalvão e das Areias, assim como a Junta de Freguesia de Gâmbia, Pontes e Alto da Guerra, a Universidade Sénior de Setúbal e a Liga dos Amigos da Terceira Idade também integram a fase de recolha de informação.

Numa segunda fase do projeto, tendo em conta o resultado da pesquisa, está prevista a organização de um conjunto de atividades para dar a conhecer o trabalho de pesquisa realizado e para proporcionar iniciativas de lazer em diferentes espaços da cidade.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign