19 de Outubro de 2017
16º
max. 22º
min. 15º
notícias
iniciativas em destaque
música 02 de Abril de 2012
The Ballis Band vencem concurso

O grupo The Ballis Band venceu o 8.º Concurso de Bandas de Garagem de Setúbal, numa das finais mais disputadas de sempre, realizada no dia 31, na Capricho Setubalense.

Para a banda de Évora, com cinco anos de existência, a vitória foi uma grande surpresa pela qualidade das bandas que passaram pelo palco, ainda mais porque o conjunto se apurou para a final por repescagem.

A vocalista, Ana Mira, que tem a particularidade de atuar descalça, “para melhor sentir as vibrações do palco”, enalteceu o concurso, destacando que “abre as portas para muito mais coisas” e “é um trampolim para o lançamento de bandas jovens”.

O grupo eborense de pop rock, premiado com mil euros e direito a atuar na Feira de Sant’Iago, tem como inspirações musicais Led Zeppelin, Pink Floyd. Blur, Eric Clapton e algumas bandas de blues.

O presidente do júri do concurso, Pedro Brinca, elogiou a qualidade dos concorrentes na final, integrada no Festival 7Rock, um fator que dificultou a decisão. “Foi uma final muito renhida e qualquer uma das bandas teria sido uma justa vencedora”, assinalou.

Os Wind Koala, de rock alternativo, que ficaram no quarto lugar, foram distinguidos com o prémio Melhor Banda do Concelho. Além de receberem 500 euros, integram igualmente o cartaz da Feira de Sant’Iago, a que se junta a banda mais votada pelo público, os Until Death Dies, banda de metal, igualmente de Setúbal, premiados com 50 euros.

O rock e hip hop alternativo dos Darwin Hipnoise, de Vila Franca de Xira, foi distinguido com o segundo lugar, cabendo-lhes um prémio no valor de 750 euros, enquanto os Planeta Vaca, de Mação, que levaram rock alternativo ao palco, classificados no terceiro posto, recebem 500 euros.

A quinta posição coube aos setubalenses Jumbo Limbo, grupo de power pop, que arrecadaram um prémio de cem euros.

Extraconcurso atuou a banda vencedora da edição de 2011, Lydia’s Sleep, que animou o palco durante o intervalo para a deliberação do júri.

O vocalista e baixista desta banda setubalense, Luís Lucena, destacou que o facto de terem vencido a última edição do concurso fez com que fossem chamados a participar em mais concertos e permitiu alcançar uma projeção que permitiu iniciar as gravações do primeiro EP, com o título “Wires”.

Luís Lucena salientou ainda a importância do certame, que confere “raras oportunidades para divulgar o trabalho das bandas”, num meio que em que “é muito difícil obter apoios”.

O vereador André Martins, da Câmara Municipal, destacou o êxito do concurso, o que “representa o reconhecimento de um trabalho feito ao longo de oito anos”.

O evento, um fator “de desenvolvimento cultural para o Concelho” e “cada vez mais reconhecido nacionalmente”, acrescentou, é já “uma aposta ganha” pelos jovens valores que têm sido revelados.

O autarca frisou que “apoiar a juventude é uma das coisas mais importantes que a Câmara Municipal faz” e que a iniciativa permite aos jovens “sair da garagem e atuar em grandes palcos, como o da Feira de Sant’Iago, perante o grande público”, o que resulta numa ajuda efetiva “para prosseguirem uma carreira musical”.

O 8.º Concurso de Bandas de Garagem de Setúbal realizou-se no âmbito do programa de comemorações locais do mês da juventude m@rço.28, numa organização da Câmara Municipal, com o patrocínio das juntas de freguesia e o apoio da Capricho Setubalense e de diversos órgãos de comunicação social e entidades ligadas ao mundo da música.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign