20 de Outubro de 2017
18º
max. 23º
min. 18º
notícias
iniciativas em destaque
património 18 de Abril de 2016
Visita revela Convento de Jesus

Uma visita guiada a vários espaços e vestígios arqueológicos do Convento de Jesus, em Setúbal, no dia 16, deu a conhecer a mais de meia centena de pessoas aspetos do quotidiano das religiosas que ali viveram.

A iniciativa, dinamizada no âmbito do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, efeméride que se assinala a 18 de abril, revelou fragmentos da história e do quotidiano das freiras clarissas que viviam em clausura no Convento de Jesus e deu a conhecer alguns dos espaços daquele património que não estão disponíveis ao público.

A área que agora serve de galeria de exposições do Museu de Setúbal/Convento de Jesus, localizada na ala poente do edifício e antigo dormitório das freiras, foi um dos locais de passagem da visita de mais de duas horas, conduzida pela arqueóloga municipal Maria João Cândido.

Na galeria expositiva, os participantes tiveram oportunidade de apreciar alguns dos tesouros de Setúbal que integram mostras permanentes, em particular um conjunto de artefactos em cerâmica recuperados em trabalhos arqueológicos dinamizados no âmbito das obras de requalificação do convento.

Fundado em 1490, o Convento de Jesus acolhe, desde o início da década de 60 do século XX, as instalações do Museu de Setúbal, acervo com diversas coleções artísticas, arqueológicas, históricas e documentais de elevado valor, nalguns casos com dimensão internacional.

Os claustros e a zona do lavado, dois espaços com um simbolismo marcante tanto na história como na arquitetura do Convento de Jesus, foram também dados a conhecer na visita, assim como a Sala do Capítulo, criada num conceito arquitetónico do estilo do Alto Renascimento, entre os séculos XVI e XVII.

Também a zona do antigo refeitório das freiras clarissas, hoje sala polivalente, foi ponto de passagem da visita. Neste local, pormenores da investigação arqueológica realizada no Convento de Jesus foram igualmente partilhados com os visitantes numa estação de trabalho com utensílios e artefactos alvo de tratamento.

Já no exterior do edifício, a principal referência patrimonial de Setúbal e que beneficia de classificação como Monumento Nacional desde 1910, a visita incidiu, sobretudo, nas zonas de escavações arqueológicas, como a área situada a norte e cujos trabalhos revelaram a presença de antigas hortas e jardins.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign