23 de Outubro de 2017
11º
max. 26º
min. 10º
Ambiente
iniciativas em destaque
Plano de Gestão

A equipa de arboricultores, constituída por jardineiros especializados no tratamento das árvores, permite organizar o serviço e promover o tratamento integral dos problemas relacionados com os espécimes.

Assim, após realizado o trabalho de inventário e estabelecido o plano de arborização anual, a equipa é informada dos objetivos e instruída dos procedimentos para o concretizar com êxito.

O projeto contempla duas subequipas principais, uma afeta às operações relacionadas com a plantação, também fornecendo no verão elementos para a rega, e outra ligada à poda e substituição de árvores.

Estas duas últimas operações são avaliadas superiormente pelo técnico responsável pela coordenação da equipa, que depois estabelece prioridades técnicas de intervenção.

Os critérios básicos de avaliação têm sido o diagnóstico e eliminação prioritárias das situações que envolvam “risco” para a população e bens e/ou prejudiquem de alguma forma a saúde das pessoas.

Árvores de interesse municipal

A árvore é um elemento constitutivo do ambiente urbano que assume, por vezes, tal importância que se transforma num autêntico monumento vivo.

Marca gerações, tempos históricos e chega a caracterizar espaços envolventes ao ponto de estes absorverem, nalgumas situações, o nome da própria espécie vegetal dominante como a designação toponímica oficial ou popular.

Estão classificados de interesse municipal os seguintes exemplares:

  • um platanus x hybrida, no Largo da Ribeira Velha
  • seis araucaria excelsa, localizadas à volta do Lago do Largo José Afonso
  • três pinus pinea, na Urbanização da Quinta de Vanicelos, junto à Praça Sá Carneiro
  • outro pinus pinea, no extremo Norte da avenida Rodrigues Manito
  • um quinto pinus pinea, na avenida Bento Gonçalves
  • uma araucaria excelsa, na placa central da Aavenida Luísa Todi
  • uma araucaria bidwili, no Parque do Bonfim

Plano de gestão das árvores ornamentais

O plano de gestão para as árvores do concelho é um documento que define as normas, as prioridades e o investimento monetário a curto e a longo.

Incide, sucintamente, nas seguintes áreas:

  • Aquisição de árvores; produção de árvores em viveiro; seleção de espécies para o Concelho
  • Plantação de novas árvores
  • Poda de árvores
  • Intervenções fitossanitárias
  • Remoção/substituição de árvores (árvores de risco)
  • Operações correntes de manutenção (rega, fertilização, etc.)
  • Proteção das árvores em zona em construção
  • Avaliação de danos causados às árvores
  • Proteção e valorização das árvores classificadas como de interesse público
  • Aquisição de equipamentos
  • Formação profissional
  • Educação ambiental e iniciativas socioculturais
  • Inventariação e identificação de árvores avaliadas de acordo com determinados critérios
  • Localização de locais para a plantação de novas árvores
  • Estabelecimento de uma lista de árvores passíveis de utilização na arborização destes locais
  • Arranque de cepos
  • Implementação do Plano de Arborização

Árvores Ornamentais

O inventário do património arbóreo do Concelho, iniciado em 2000, permite conhecer, com exatidão, o número de árvores, a distribuição por espécies e locais e a respetiva tipologia de situação: se em canteiro, em alinhamento, isolada, etc.

Esta informação é imprescindível para a elaboração de futuros planos de gestão do arvoredo do Concelho.

Dados preliminares referentes às freguesias de São Julião e Santa Maria da Graça, onde foram inventariados 118 locais onde existem árvores, permitem, sumariamente, revelar alguns dados, que a seguir se transcrevem:

  • Foram inventariadas 4.438 árvores nestas duas freguesias
  • As espécies mais abundantes são, por ordem decrescente, o plátano, 12,8 por cento; o lodão-bastardo, 8,8 por cento; o jacarandá, 7,5 por cento;
  • As espécies mais frequentes são, também  por ordem decrescente, o plátano, 43,2 por cento; o pau-ferro, 32,2 por cento; o choupo-negro, 28,8 por cento
ferramentas
APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign