19 de Outubro de 2017
15º
max. 22º
min. 15º
Economia
iniciativas em destaque
início > Atividade Municipal > Economia > Parques Industriais e Empresariais
Parques Industriais e Empresariais

Setúbal apresenta-se como um território com condições privilegiadas para o êxito de qualquer investimento. No Concelho funcionam parques industriais e de serviços com infraestruturas que podem ser determinantes nas opções estratégicas de uma empresa.

Enquadramento do Concelho na região

O território do concelho de Setúbal estende-se por uma área com 230,3 quilómetros quadrados, onde residem atualmente 121.185 habitantes, de acordo com os dados preliminares do INE – Instituto Nacional de Estatística apurados nos Censos de 2011.

Setúbal assume a nível administrativo a função de capital de distrito e está integrada na sub-região da Península de Setúbal (NUT III) e na Região de Lisboa (NUT II), fazendo igualmente parte da Grande Área Metropolitana de Lisboa. Internamente, o Concelho divide-se em oito freguesias, designadamente: Nossa Senhora da Anunciada, Sado, Santa Maria da Graça, São Julião, São Sebastião, São Lourenço, São Simão e Gâmbia, Pontes e Alto da Guerra.

Em termos geográficos, Setúbal confina a norte com o concelho de Palmela, a noroeste com o concelho do Barreiro, a oeste com o concelho de Sesimbra, a este com o Estuário do Sado e a sul com o mesmo estuário e o Oceano Atlântico.

A nível territorial, Setúbal situa-se na zona de charneira entre a Grande Área Metropolitana de Lisboa e a Região Alentejo, assumindo um posicionamento estratégico de polarização regional que se estende para sul, abrangendo parte dos territórios dos distritos de Setúbal e de Évora.

A relação de proximidade que Setúbal tem com a Península de Troia é um bom exemplo desse papel de “rótula” inter-regional desempenhado por este Município e que face aos investimentos recentes no domínio do turismo na margem esquerda do Rio Sado assume uma maior relevância no contexto metropolitano.

Na recente alteração ao Plano Regional de Ordenamento do Território da Área Metropolitana de Lisboa (PROTAML), o concelho de Setúbal é classificado como centro polivalente de Nível 2, caracterizado pela sua especialização na indústria e logística, mas também em funções mistas.

É também de salientar o eixo Setúbal/Palmela, justificado por razões históricas e de complementaridade funcional a diversos níveis, em que Setúbal assume a função de capitalidade.

A conurbação Setúbal/Palmela revela um importante potencial ordenador no espaço mais desorganizado do interior da Península de Setúbal, desde logo contribuindo para a consolidação do eixo Montijo – Pinhal Novo – Palmela – Setúbal.

O posicionamento estratégico do concelho centra-se no excelente quadro de acessibilidades regionais em que Setúbal se insere, estando integrado na rede rodoviária fundamental, na rede ferroviária nacional e no sistema portuário nacional, o que lhe permite uma conexão vantajosa com os principais centros urbanos do País, com as redes transeuropeias de transporte e com as carreiras marítimas inter-continentais.

As distâncias e o tempo de viagem entre Setúbal e alguns dos principais centros urbanos do País são as seguintes:

  • A Lisboa – 50 km / 40 minutos.
  • A Évora – 100 km / 1 hora e 10 minutos.
  • A Sines  – 130 km / 1 hora e 30 minutos.
  • A Elvas/Badajoz – 176 km / 1 hora e 50 minutos.
  • Ao Porto – 350 km / 3 horas 40 minutos.

Além dos aspetos referidos, a singularidade de Setúbal, concelho e cidade, no contexto regional, é conferida em grande parte pela forte presença da Serra da Arrábida, do rio Sado e do estuário (Setúbal pertence ao Clube das Mais Belas Baías do Mundo), da frente ribeirinha urbana e das diferentes áreas da sua área portuária, designadamente a relacionada com a atividade comercial, que determinou o crescimento exponencial das cargas movimentadas nos últimos anos.

Esta condição determinou o desenvolvimento económico, social e territorial de Setúbal no passado, continuando a afigurar-se como um dos principais potenciais, desde que sejam adotadas decisões estratégicas com vista a um futuro sustentável. Embora com uma forte componente industrial, Setúbal tem-se consolidado como um centro de serviços.

Espaços de acolhimento de atividades económicas

O concelho de Setúbal dispõe de espaços infraestruturados para o acolhimento de atividades económicas, nomeadamente:

  • Zona Industrial da Mitrena
  • Parque Industrial Sapec Bay
  • BlueBiz Global Parques – Parque Empresarial da Península de Setúbal
  • IMA Parque
  • Eira Park

Zona Industrial da Mitrena

A zona industrial, criada a partir de iniciativa municipal, em 1989, tem uma área global de 373.800 metros quadrados e 46 lotes. A dimensão dos lotes varia entre os 4250 metros quadrados e os 19717 metros quadrados.

Atualmente, o Município não possui qualquer lote, tendo os mesmos sido vendidos na totalidade em hasta pública. A taxa de ocupação do loteamento deverá rondar os 50 por cento.

Parque Industrial Sapec Bay

O parque industrial foi constituído a partir das instalações da Sapec, localizando-se na Herdade das Praias, Península da Mitrena, na freguesia do Sado.

A área afeta ao Sapec Bay é de 400 hectares, na qual foram efetuados três loteamentos:

  • O primeiro loteamento ocupa 27 hectares divididos em 46 lotes, com áreas compreendidas entre 1200 metros quadrados e 22000 metros quadrados
  • O segundo loteamento ocupa uma área de 67,5 hectares divididos em 14 lotes, com  áreas que variam entre 14565 metros quadrados e 203.839 metros quadrados
  • O terceiro loteamento ocupa uma área com 49,1 hectares, divididos em quatro lotes, com áreas que variam entre 15000 metros quadrados e 359.335 metros quadrados

A entidade gestora é a Sapec – Parques Industriais, S.A., que assegura a prestação de vários serviços, nomeadamente de logística global, incluindo carga, descarga, armazenagem, tráfego e expedição de mercadorias, serviços de segurança, guarda e vigilância de instalações, recolha e tratamento de resíduos sólidos, manutenção de espaços verdes, manutenção de estradas, manutenção de equipamentos e limpeza, realização de seguros e de contratos de assistência técnica.

O parque industrial dispõe de um conjunto de infraestruturas que a tornam uma área privilegiada para a instalação de atividades empresariais, sendo de destacar as seguintes:

  • Terminal rodoviário ligado à rede rodoviária principal
  • Terminal ferroviário
  • Cais portuário, com capacidade para receber navios com 35.000 t DWT, 200 m LOA e 10,5 m DRAFT
  • Redes telefónica e de fibra ótica
  • Redes de águas
  • Rede elétrica
  • Rede de abastecimento de gás natural

O Parque Industrial dispõe de um Plano de Segurança e Emergência e a taxa de ocupação situa-se em torno dos 50 por cento.

Parque Empresarial da BlueBiz

A deslocalização da fábrica da Renault para a Europa Central deixou um conjunto de infraestruturas e de edifícios disponíveis. Trata-se de uma propriedade única, com 56 hectares vedados, e com um conjunto de edificações orientadas para o setor automóvel.

A disponibilidade de áreas e a proximidade ao porto de Setúbal constituem as principais potencialidades deste espaço.

A Aicep Global Parques é a entidade gestora do parque empresarial e presta um vasto conjunto de serviços às empresas aí instaladas, destacando-se os seguintes:

  • Controlo de acessos de pessoas e viaturas
  • Serviços de vigilância e limpeza
  • Energia industrial e doméstica
  • Água própria
  • Infraestruturas de comunicações
  • Condições de produção de vapor e ar comprimido
  • Sistema de deteção e combate a incêndios
  • ETAR para tratamento de efluentes

IMA Park

As atuais instalações do IMA Park, situadas junto da EN10, no setor nascente do Concelho, ocupam uma área com cerca de 93000 metros quadrados, na qual estão situadas várias empresas, pertencentes a ramos de atividade variados.

Este espaço apresenta algum potencial para o acolhimento de atividades económicas em virtude das instalações físicas e das boas acessibilidades existentes.

EIRA PARK

O Parque Empresarial do Eira Park está localizado junto da EN10, na freguesia de Gâmbia, Pontes e Alto da Guerra, tendo resultado de uma operação de reconversão urbanística das antigas instalações da empresa Sado Internacional.

Com uma área de cerca de 35000 metros quadrados, este parque está preparado para acolher diferentes tipos de atividades económicas, nomeadamente indústrias, armazenagem, serviços e comércio.

Possui 60 frações em pavilhões, com áreas que variam entre os 200 metros quadrados e os 2000 metros quadrados.

Polo Comercial do Monte Belo

Apesar de não ser um Parque Empresarial/Loteamento Industrial como os anteriores, pretende-se que seja uma importante aglomeração de atividades económicas de caráter regional.

A Câmara Municipal desenvolveu um estudo urbanístico, a ser integrado na revisão do Plano Diretor Municipal, que define um modelo de organização territorial para uma área com cerca de 872.000 metros quadrados, situada na freguesia de S. Sebastião, destinada à implantação de superfícies comerciais retalhistas com alguma dimensão, exigentes em espaço e em boas acessibilidades rodoviárias.

Enquadra atualmente um conjunto de investimentos em novas superfícies comerciais que totalizam cerca de 31,5 milhões de euros, correspondendo a um volume de emprego de 412 postos de trabalho diretos e 200 postos de trabalho indiretos.

Apresenta um potencial global de investimento que ronda os 353,5 milhões de euros e a criação de 3628 empregos diretos e 710 postos de trabalho indiretos.
 

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign