22 de Outubro de 2017
18º
max. 21º
min. 10º
Inclusão
iniciativas em destaque
início > Atividade Municipal > Inclusão > Projetos Municipais
Projetos Municipais

A implementação de redes locais de solidariedade social para enfrentar os problemas mais graves e para apoiar os grupos sociais mais vulneráveis é uma preocupação constante do Município, que dinamiza um conjunto de projetos para responder as estas urgências sociais.

Consórcios Programa Escolhas

  • Objetivos
    Promover a inclusão social de crianças e jovens de contextos socioeconómicos vulneráveis, visando a igualdade de oportunidades e o reforço da coesão social
     
  • Destinatários
    Crianças, jovens, familiares e comunidades locais
     
  • Descrição
    O Programa Escolhas é um programa governamemtal de âmbito nacional, promovido pela Presidência do Conselho de Ministros e integrado no Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural – ACIDI, IP. Mantém protocolos com os consórcios de projetos locais de inclusão social em comunidades vulneráveis, muitos dos quais localizados em territórios onde se concentram descendentes de imigrantes e minorias étnicas. A Câmara Municipal de Setúbal, através da Divisão de Inclusão Social, representa os consórcios dos seguintes projetos: CLPManteigadas-E5G, Agora Sim!-E5G e Pró Infinito e Mais Além-E5G
     
  • Ações
    A Câmara Municipal é parceira formal dos consórcios dos projetos E5G implementados em Setúbal. Apoia as atividades regulares e pontuais dos projetos, através da cedência de recursos humanos, técnicos, logísticos e de divulgação
     
  • Parcerias
    Estão envolvidas cerca de vinte entidades
     
  • Ano de implementação
    2013
     

Semana Temática da Deficiência

  • Objetivos
    Sensibilizar a comunidade para as questões da deficiência. Promover a participação e a integração das pessoas com deficiência. Refletir sobre a temática da deficiência
     
  • Destinatários
    Técnicos, pessoas com deficiência e respetivas famílias, comunidade educativa, comunidade em geral
     
  • Descrição
    A Semana Temática da Deficiência inscreve-se no âmbito das Comemorações do Dia Internacional das Pessoas com Deficiência (3 de dezembro) e pretende promover a informação e as condições de participação e intervenção das pessoas com deficiência com vista ao exercício de uma cidadania ativa. São dinamizadas ações facilitadoras da mudança de atitudes e de comportamentos discriminatórios para com os cidadãos com deficiência
     
  • Ações
    Atividades de natureza social, cultural, desportiva e outras, a definir oportunamente
     
  • Parcerias
    Grupo Concelhio paras as Deficiências – Setúbal
     
  • Ano de implementação
    2008
     

INCOMUN – Atividades Ocupacionais na Comunidade

  • Objetivos
    Promover a aprendizagem e a estimulação cognitiva e sensorial. Promover o desenvolvimento de competências pessoais, sociais e ocupacionais. Reforçar a autonomia, a autoestima e a valorização pessoal. Contribuir para a participação e inclusão social
     
  • Destinatários
    Utentes da APPACDM de Setúbal
     
  • Descrição
    Este projeto resulta de uma parceria com a APPACDM de Setúbal, entidades e estruturas da comunidade e utentes e famílias para definição e implementação de projetos de vida individuais. Constiui um modelo de resposta ocupacional inclusivo e normalizador, em conformidade com o enquadramento legal (Portaria n.º 432/2006 de 3 de maio, DR - I Série)
     
  • Ações
    Integração de utentes da APPACDM de Setúbal em serviços da Câmara Municipal, enquadrados por um protocolo de colaboração celebrado entre as duas entidades
     
  • Parcerias
    APPACM de Setúbal
     
  • Ano de implementação
    2004
     

Ações de Sensibilização na Comunidade Educativa 

  • Objetivos
    Promover o debate sobre a deficiência nas escolas. Sensibilizar os alunos, professores e toda a comunidade escolar para a inclusão das pessoas com deficiência
     
  • Destinatários
    Comunidade educativa. Ensino Secundário
     
  • Descrição
    As ações de sensibilização na comunidade educativa dirigem-se a alunos do 3.º Ciclo. São trabalhados os conceitos associados à temática da deficiência com recurso a materiais pedagógicos específicos e a dinâmicas de grupo
     
  • Ações
    Ações de sensibilização com diferentes abordagens, dinâmicas e recursos pedagógicos
     
  • Parcerias
    Grupo Concelhio para as Deficiências – Setúbal
     
  • Ano de implementação
    2015
     

Apoio Social Integrado

  • Objetivos
    Promover um espaço de atendimento à população para auscultação das suas necessidades. Acompanhar e encaminhar as situações de caráter social e habitacional. Possibilitar a proximidade da população a serviços/entidades
     
  • Destinatários
    Moradores dos bairros 2 de Abril, 20 de Julho, 25 de Abril, Alameda das Palmeiras, Bela Vista, Forte da Bela Vista e Manteigadas
     
  • Descrição
    Espaço de escuta ativa e de auscultação de necessidades da população, sendo impulsionador de ações de envolvimento comunitário
     
  • Ações
    Atendimentos à população nos Gabinetes de Bairro (Bela Vista e Manteigadas). Visitas domiciliárias. Acompanhamento e encaminhamento de casos, em articulação com outras entidades e serviços
     
  • Parcerias
    Centro Distrital de Segurança Social de Setúbal. Entidades que intervêm na área da ação social, a nível do concelho
     
  • Ano de implementação
    2008
     

DizPositivo

  • Objetivos
    Prevenir comportamentos de risco associados ao consumo/uso abusivo de substâncias psicoativas. Priorizar a  intervenção precoce. Implementar uma abordagem que incida na redução dos fatores de risco e na promoção de fatores de proteção. Promover a saúde e bem estar. Capacitar os "agentes de prevenção"
     
  • Destinatários
    Comunidade escolar (professores, assistentes operacionais, alunos e familiares), dirigentes, técnicos, associados e utentes de associações locais e coletividades, população em geral
     
  • Descrição
    Assenta num conceito alargado de “agentes de prevenção”, trabalhando amplamente com as famílias, escolas e comunidades capacitando-os para identificar, prevenir, impedir e lidar com as problemáticas associadas ao consumo de substâncias psicoativas, investindo em intervenções duradouras, reforçando os objetivos de prevenção de forma contínua e integrada
     
  • Ações
    Dinamização de ciclos formativos (temáticas: "Gestão Emocional", "Gestão de Conflitos", "O Consumo de Sustâncias Psicoativas", "Trabalho em Equipa", "Liderança em Contextos Educativos", "O Humor enquanto Ferramenta da e na Relação"). Intervenção nos agrupamentos de escolas e na comunidade. Formação específica dirigida a professores da área da Saúde Escolar, capacitando-os para implementar e desenvolver ações de prevenção nas respetivas escolas, conferindo-lhes apoio de retaguarda através da supervisão da ação. Ações de sensibilização na área de promoção da saúde e prevenção de comportamentos de risco. Encontro/seminário na área da toxicodependência
     
  • Parcerias
    XNC-Experienciar – Consultoria e Formação
     
  • Ano de implementação
    2011
     

Educação para a Saúde

  • Objetivos
    Promover a Saúde. Prevenir comportamentos de risco. Sensibilizar a comunidade para a mudança de conceitos e comportamentos. Promover uma rede de parceiros
     
  • Destinatários
    Munícipes dos territórios das Manteigadas e Anunciada (atualmente integrada na União das Freguesias de Setúbal)
     
  • Descrição
    O início, nas Manteigadas, ficou marcado pela dinamização de ações de sensibilização em colaboração com o Agrupamento do Centro de Saúde da Arrábida. A crescente procura, por parte dos moradores do Bairro das Manteigadas, para medição dos valores da tensão arterial e da glicemia, justifica a continuidade do trabalho iniciado, alargando a intervenção aos bairros da zona da Anunciada
     
  • Ações
    Ações de sensibilização/animações comunitárias sobre estilos de vida saudáveis. Ações de sensibilização e prevenção como forma de alerta na área da Saúde em parceria com entidades, associações e serviços
     
  • Parcerias
    Agrupamento do Centro de Saúde da Arrábida (ACES), Escola Superior de Saúde (ESS), farmácias dos territórios vulneráveis
     
  • Ano de implementação
    2009
     

Escolinha – Gabinete das Manteigadas

  • Objetivos
    Sensibilizar a população para a prevenção de riscos. Sensibilizar a comunidade para a mudança de conceitos e comportamentos. Desenvolvimento de redes de suporte social. Promover a participação da comunidade cigana através da educação informal
     
  • Destinatários
    Crianças, jovens e famílias residentes no Bairro das Manteigadas
     
  • Descrição
    O Gabinete das Manteigadas, através da Escolinha, dá apoio à comunidade, promovendo a intervenção e a articulação com os diferentes atores locais. A partir da dinamização de ações com crianças, jovens e famílias da comunidade cigana, criaram-se relações de confiança com vista à implementação de iniciativas que visam a transformação da imagem destas comunidades, fomentando o diálogo intercultural
     
  • Ações
    Ações de sensibilização sobre cuidados de saúde infantil (temáticas: Alimentação, Higiene Oral, Vacinação, entre outras). Iniciativas de sensibilização e promoção de estilos de vida saudáveis dirigidas aos munícipes do território de intervenção. Levantamento de necessidades (rastreios e encaminhamentos)
     
  • Parcerias
    Programa Escolhas-E5G, Agrupamento do Centro de Saúde da Arrábida (ACES), Escola Superior de Saúde e outros parceiros locais
     
  • Ano de implementação
    2001
     

Grupo Concelhio para as Deficiências – Setúbal

  • Objetivos
    Sensibilizar e informar a comunidade para os problemas das pessoas com deficiência e suas famílias. Promover as condições de participação das pessoas com deficiência e famílias, com vista ao exercício de uma cidadania inclusiva. Facilitar as respostas para as pessoas com deficiência e suas famílias. Promover o conhecimento sobre as deficiências e os recursos existentes. Divulgar, refletir e pronunciar-se sobre as políticas e medidas dos vários poderes instituídos
     
  • Destinatários
    Técnicos, pessoas com deficiência e famílias, comunidade educativa e comunidade em geral 
     
  • Descrição
    O Grupo Concelhio para as Deficiências – Setúbal surge como resposta às necessidades das associações, instituições e entidades com intervenção direta e indireta na área da deficiência.
     
  • Contactos
    Grupo Concelhio para as Deficiências – Setúbal/Câmara Municipal de Setúbal – Divisão de Inclusão Social
    Rua Amílcar Cabral, n.º 4/6
    2900-219 Setúbal
    Telf.: 265 545 170 | Fax: 265 545 179
    grupoconcelhiosetubal@gmail.com
     
  • Ações
    Encontros. Ações de formação, sensibilização e workshops. Iniciativas dirigidas à população com deficiência, famílias e comunidade em geral. Participação em redes, grupos e fóruns
     
  • Parcerias
    Agrupamento dos Centros de Saúde da Arrábida (ACES), Associação de Cegos e Amblíopes de Portugal – Delegação de Lisboa (ACAPO),  Associação Cristã da Mocidade – Secção de Desporto Adaptado (ACM/YMCA de Setúbal), Associação do Cidadão Portador de Deficiência e Amigos (ACPDA), Associação Portuguesa de Insuficientes Renais – Delegação Regional do Sul (APIR), Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Setúbal (APPACDM), Associação Portuguesa de Deficientes (APD), Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo de Setúbal (APPDA),  Associação de Saúde Mental Doutor Fernando Ilharco (ASMDFI), Associação Social, Cultural e Desportiva “Os Trovões”, Instituto do Emprego e Formação Profissional – Serviço de Formação de Setúbal (SFS-IEFP), Centro Hospitalar de Setúbal, E.P.E. (CHS), Centro de Recursos e Tecnologias de Informação e Comunicação (CRTIC), Centro Distrital de Segurança Social de Setúbal (CDSSS), Externato "Rumo ao Sucesso", Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ), Rotary Club de Setúbal
     
  • Ano de implementação
    2004
     

Mediação Intercultural em Serviços Públicos (MISP) 

  • Objetivos
    Contribuir para a coesão social, a melhoria da qualidade de vida e a convivência cidadã intercultural em municípios com diversidade cultural significativa, mediante uma gestão positiva e preventiva dessa mesma diversidade, através de uma intervenção mediadora e da participação dos protagonistas locais
     
  • Destinatários
    Serviços públicos e privados, profissionais de diferentes áreas, população imigrante e autóctone
     
  • Descrição
    Ação 2 do FEINPT. O MISP é um projeto inovador, que assenta num modelo de mediação intercultural, com enfoque comunitário, promotor da interculturalidade e da construção de um sentido de pertença à comunidade. A intervenção está estruturada em três eixos: apoio a profissionais e instituições, participação social e cidadã e convivência intercultural. Sendo de âmbito concelhio, o projeto prioriza os territórios da Bela Vista (e zona envolvente) e Bairro do Troino, onde dinamiza ações de intervenção comunitária, em parceria com instituições e serviços nas áreas de fortalecimento comunitário, saúde e educação
     
  • Ações
    "As Curtas vão à Escola" – Exibição de curtas metragens de animação  destinadas à promoção da educação intercultural junto da comunidade educativa. Noites do Mundo na Casa da Cultura – Ações desenvolvidas em parceria com associações de imigrantes destinadas a fortalecer as relações de convivência intercultural entre a comunidade imigrante e a população autóctone. Ações de formação/sensibilização para a gestão em contextos de diversidade, dirigidas técnicos de saúde. Colaboração em atividades comunitárias realizadas por instituições e grupos informais ("Magusto Troino", "Arraial Março Mulher" e "Maio, Mês do Diálogo Intercultural"). Colaboração na organização de seminários dedicados à análise, reflexão e debate de boas práticas relacionadas com a imigração e diálogo intercultural. Participação em grupo de trabalho dedicado à análise e acompanhamento de situações de crianças e jovens, em percurso escolar, com documentação irregular
     
  • Parcerias
    Cerca de meia dúzia de entidades
     
  • Ano de implementação
    2014-2015
     

Outros Filmes, Outras Épocas – Ciclos de cinema sénior

  • Objetivos
    Criar possibilidades para a reflexão, o exercício da memória e resgate de experiências de vida. Reformular perceções, estimulando a criação de novas formas de viver. Proporcionar, através da linguagem do cinema, uma inserção sociocultural do cidadão sénior
     
  • Destinatários
    População sénior
     
  • Descrição
    Dinamização de sessões de cinema dirigidas à população sénior do concelho em instalações da Autarquia e de entidades
     
  • Ações
    Exibição de filmes
     
  • Ano de implementação
    2008
     

Piquenicão Concelhio

  • Objetivos
    Estimular a vida ativa. Quebrar o ciclo de solidão e isolamento
     
  • Destinatários
    População idosa do concelho
     
  • Descrição
    Iniciativa anual de promoção de cultura, de convívio, de solidariedade e de troca de experiências, com momentos de animação musical e almoço-convívio
     
  • Parcerias
    Juntas de freguesia do concelho
     
  • Ano de implementação
    2004
     

Nosso Bairro, Nossa Cidade

  • Objetivos
    Promover a participação das comunidades em dinâmicas de bairro. Criar sentimentos de pertença e de interajuda entre os moradores. Reforçar redes de suporte social.
    Promover a autonomia da população nas dinâmicas do bairro
     
  • Destinatários
    Moradores dos bairros da Bela Vista, Alameda das Palmeiras, Forte da Bela Vista, Quinta de Santo António e Manteigadas
     
  • Descrição
    O programa Nosso Bairro, Nossa Cidade considera que toda a ação deve ser protagonizada pelos próprios moradores, gerando a participação na tomada de decisões que a eles e à respetiva comunidade dizem respeito, promovendo a autonomia, a responsabilidade e o crescimento coletivo. O programa assenta nos eixos estratégicos "Intervenção com Jovens", "Educação, Formação e Emprego", "Imagem e Visibilidade", "Vida em Comunidade" e "Promoção da Participação das Pessoas". As entidades parceiras são uma mais-valia para a dinamização das iniciativas, propostas pelas mesmas e pelos moradores. Mais informações sobre o Nosso Bairro, Nossa Cidade, assim como a evolução do próprio programa, podem ser acompanhadas nesta ligação
     
  • Ações
    Encontro de Moradores (espaço dedicado à reflexão, discussão e apresentação de propostas de intervenção no território), Equipas Comunitárias de Higiene Urbana (envolvimento voluntário de  moradores na manutenção e limpeza do bairro), Férias no Bairro (dinamização de atividades lúdico-pedagógicas, durante as pausas letivas, para crianças dos 6 aos 12 anos que não estão inseridas em contexto institucional), Atelier de Tricot e Crochet (espaço de partilha, aprendizagem, saberes e de convívio), Festival de Música e Dança "Mudar o Olhar" (iniciativa anual resultante da proposta do grupo de jovens "Mudar o Olhar", desenvolvida em colaboração com os técnicos da Autarquia), Descobrir em Comunidade (criação de redes de suporte social e reforço de relações de vizinhança, através de iniciativas de conhecimento das riquezas naturais e patrimoniais do concelho e do País, a pessoas com parcos recursos financeiros), Organização de Moradores (apoiar a organização de moradores e promover a constituição de condomínios)
     
  • Parcerias
    Cerca de dez entidades do concelho
     
  • Ano de implementação
    2012
     

Rede Social de Setúbal

  • Objetivos
    Dinamizar ações integradas e articuladas numa lógica de compromisso coletivo. Constituir um espaço de diálogo e análise dos problemas sociais. Promover o desenvolvimento social integrado. Promover a inclusão e coesão social no território
     
  • Destinatários
    População em geral
     
  • Descrição
    A Rede Social é um fórum de articulação e congregação de esforços, de âmbito concelhio, criada pela Resolução do Conselho de Ministros de 18 de novembro de 1997, regulamentado pelo Decreto-Lei 115/2006 de 14 de junho. Este programa constitui uma medida de política social ativa que assenta e impulsiona o trabalho em parceria alargada, tendo por base o desenvolvimento e a consolidação de uma consciência coletiva dos problemas sociais e contribui para a ativação das respostas e otimização dos recursos de intervenção ao nível do concelho e das freguesias, incidindo na planificação estratégica territorializada da intervenção social
     
  • Ações
    Dinamização do Conselho Local de Ação Social de Setúbal (CLASS). Diagnóstico Social. Plano de Desenvolvimento Social. Plano de Ação
     
  • Parcerias
    A Câmara Municipal de Setúbal preside ao CLASS, órgão plenário de caráter deliberativo. Atualmente integra 68 entidades públicas e privadas que aderiram à Rede Social de Setúbal
     
  • Ano de implementação
    2000
     

Comemorações dos Santos Populares

  • Objetivos
    Comemorar os Santos Populares. Valorizar pessoal e culturalmente a população sénior. Promover o espírito de iniciativa, criatividade e solidariedade. Dar à população sénior a oportunidade de desempenhar um papel ativo na sociedade
     
  • Destinatários
    População idosa do concelho
     
  • Descrição
    Decoração de ruas do concelho com várias peças alusivas aos Santos Populares produzidas por idosos. O culminar da iniciativa é assinalado com uma festa/baile de convívio
     
  • Ações
    Produção e colocação dos enfeites nas artérias da cidade. Festa com desfile de marchas populares
     
  • Parcerias
    Juntas de freguesia, instituições, coletividades e outras entidades com intervenção na área do envelhecimento
     
  • Ano de implementação
    2005
     

Grupo EnvelheSeres

  • Objetivos
    Desenvolver atividades nas áreas da informação, formação, animação sociocultural e promoção da saúde. Investir na qualificação dos serviços prestados pelas instituições. Promover atividades de animação sociocultural
     
  • Destinatários
    População idosa enquadrada em respostas sociais
     
  • Descrição
    Grupo informal composto por técnicos de entidades locais com intervenção na área do envelhecimento. Pretende promover o conhecimento sobre aspetos associados ao envelhecimento, definindo e dinamizando ações direcionadas àquela faixa etária da população, tendo em vista o exercício da  cidadania articipativa e inclusiva
     
  • Ações
    Ações de formação. Atividades de animação para idosos
     
  • Parcerias
    Associação de Socorros Mútuos Setubalense, Associação de Solidariedade Social da Gâmbia, Pontes e Alto da Guerra, Associação Humanitária Bem-Fazer de S. Paulo – Centro Comunitário de Vanicelos,  Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental, Associação Unitária Reformados Pensionistas e Idosos de Azeitão, Caritas Diocesana de Setúbal, Casa dos Professores, Centro Comunitário de Sta. Maria, Centro de Apoio à Terceira Idade, Centro de Bem-estar Social de Reformados e Idosos de Setúbal, Centro Distrital de Segurança Social de Setúbal – ISS, Centro Social Paroquial de S. Sebastião – Centro Comunitário S. Sebastião, Conforto dos Avós, Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação Local de Setúbal, De Mãos Dadas – Acácio Veiga Solidariedade Cultural, Instituto Politécnico de Setúbal – Escola Superior de Saúde, Envelhecer com Prazer, Instituto do Conhecimento Relacional e da Psicomotricidade, Lar de Idosos do SAMS – Serviços de Assistência Médico-Sociais, Liga dos Amigos da Terceira Idade, Santa Casa da Misericórdia de Setúbal, Santa Casa da Misericórdia de Azeitão, Tempus D' Oiro – Associação, Porto Salus – Residências Assistidas, Venerável Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo
     
  • Ano de implementação
    2008
     

Documentário e Filmes sobre os Bairros da Bela Vista

  • Objetivos
    Libertar o Bairro da Bela Vista e os territórios periféricos de estereótipos. Promover um "olhar" inclusivo. Colocar os habitantes da Bela Vista a refletir sobre o bairro. Qualificar o espaço público e o ambiente urbano. Potenciar aspetos inovadores e criativos resultantes do contacto e das trocas culturais. Investir e apostar na prevenção de riscos associados à população juvenil
     
  • Destinatários
    População em geral, jovens, escolas, entidades, técnicos de intervenção comunitária, estudantes do ensino Básico, Secundário e Superior
     
  • Descrição
    No âmbito de uma candidatura QREN/RUBE –  Regeneração Urbana da Bela Vista e Zona Envolvente foram realizadas duas curtas-metragens ficcionadas inspiradas em factos reais e um documentário sobre o Bairro da Bela Vista, cujos protagonistas foram moradores, sobretudo jovens. Esta ação contribui para o combate à exclusão e estigmatização que se têm sedimentado relativamente aos bairros sociais, procurando libertá-los dos estereótipos, imagens e ideias que se consolidam nas leituras imediatas/mediáticas. Estas obras constituem-se como instrumentos de trabalho pela reflexão que provocam e pela introdução de novos pontos de vista a partir da realidade existente, ao cruzar várias maneiras de ver o Bairro da Bela Vista, a realidade física e os seus habitantes, reconhecendo a coexistência, num mesmo território, de vários grupos com identidades culturais diversas
     
  • Ações
    "Cama de Gato", curta-metragem realizada por Filipa Reis e João Miller Guerra. "Um Fim do Mundo", média-metragem realizada por Pedro Pinho. "Bela Vista", documentário realizado por Filipa Reis e João Miller Guerra. Dossiers pedagógicos dirigidos ao ensino Básico, Secundário e Superior. Dimanização de sessões de visualização das obras, seguidas de debate, dirigidas a escolas e à comunidade. Apresentação das obras com presença dos realizadores e atores
     
  • Ano de implementação
    2011
     

Comemorações do Dia Internacional das Pessoas Idosas

  • Objetivos
    Promover ações dirigidas à população sénior. Apoiar iniciativas propostas e desenvolvidas pelas juntas de freguesia e outras entidades no âmbito das Comemorações do Dia Internacional das Pessoas Idosas
     
  • Destinatários
    Juntas de freguesia do concelho. Entidades que promovam atividades direcionadas à população sénior
     
  • Descrição
    Realização de atividades inerentes à população sénior com vista ao assinalar do Dia Internacional das Pessoas Idosas
     
  • Ações
    Apoio financeiro, logístico e de divulgação das atividades desenvolvidas
     
  • Parcerias
    Juntas de freguesia e entidades do concelho com atividade na área do envelhecimento
     
  • Ano de implementação
    2006
     

Ateliers de Verão

  • Objetivos
    Promover a cooperação, a entreajuda e o espírito de equipa. Fomentar a autonomia, a iniciativa e a criatividade. Promover o sentido crítico e de responsabilidade social. Proporcionar momentos de lazer e de divertimento. Estimular o gosto e a aptidão para as atividades culturais, artísticas, ambientais e desportivas. Contribuir para a solidariedade intergeracional
     
  • Destinatários
    Crianças e jovens que estudam e/ou residem no concelho. População idosa
     
  • Descrição
    Os Ateliers de Verão procuram proporcionar, gratuitamente, um programa organizado de caráter lúdico, cultural, desportivo e recreativo para crianças e jovens dos 6 aos 18 anos de idade, assim como a seniores do concelho, durante os meses de junho, julho e agosto. Tem como missão desenvolver as competências sociais e pessoais dos participantes através da educação pela arte e pela cultura, das componentes ambientais e desportivas, recorrendo ao sentido de solidariedade e reciprocidade
     
  • Ações
    Atividades regulares e pontuais diversificadas (algumas de natureza intergeracional e/ou exclusivas para a população sénior). Áreas temáticas dos Ateliers de Verão, nomeadamente "Desporto e Movimento", "Artes e Ofícios" e  "Informática e Multimédia"
     
  • Parcerias
    Agentes socioeducativos do concelho, como entidades de caráter social, escolas, associações de pais, estruturas juvenis, coletividades, associações culturais e/ou desportivas
     
  • Ano de implementação
    1997
     

Memórias, Identidades e Patrimónios

  • Objetivos
    Proporcionar momentos de convívio, partilha de conhecimentos e saberes aos seniores do concelho
     
  • Destinatários
    Munícipes com mais de 65 anos de idade
     
  • Descrição
    Proporcionar à população sénior a visita a diversos locais de valor cultural, patrimonial e histórico (museus, monumentos e outros)
     
  • Ações
    Visitas guiadas a museus, monumentos e exposições
     
  • Parcerias
    Serviço Municipal de Bibliotecas e Museus
     
  • Ano de implementação
    2007
     

Núcleo Local de Inserção de Setúbal

  • Objetivos
    Homologar contratos de inserção. Corresponsabilizar e envolver as entidades parceiras. Rentabilizar recursos da comunidade local. Promover a adequação das respostas de inserção
     
  • Destinatários
    Beneficiários de RSI
     
  • Descrição
    O Núcleo Local de Inserção de Setúbal é constituído por um conjunto de entidades locais obrigatórias nas áreas de Segurança Social, emprego e formação, educação, saúde e autarquias e outras entidades aderentes sem fins lucrativos que desenvolvam atividade no território respetivo
     
  • Ações
    Contratualização de ações nas áreas de saúde, educação, formação, emprego. Organizar os meios inerentes à prossecução das contratualizações. Acompanhar e avaliar a execução das contratualizações
     
  • Parcerias
    Centro Distrital de Segurança Social de Setúbal, Instituto do Emprego e Formação Profissional, e outras entidades sem fins lucrativos e com atividade nas áreas da educação, saúde e admnistração autárquica
     

Patrulheiros

  • Objetivos
    Sensibilizar os munícipes para a correta utilização dos espaços públicos. Monitorizar o estado de conservação de equipamentos e espaços verdes. Realizar trabalhos de manutenção de espaços e mobiliário urbano
     
  • Destinatários
    Pessoas reformadas ou com mais de 65 anos de idade
     
  • Descrição
    Patrulhamento da Avenida Luísa Todi e do Parque Urbano da Albarquel com vista à monitorização da utilização dos espaços públicos, registo de ocorrências e de situações que exijam a intervenção dos serviços municipais para arranjo ou manutenção. Execução de pequenas tarefas de manutenção do mobiliário urbano e de melhoria do espaço público
     
  • Ações
    Patrulhamento das áreas definidas. Contacto com a população. Realização de pequenas tarefas de manutenção
     
  • Parcerias
    União das Freguesias de Setúbal e Associação Centro de Bem-Estar Social de Reformados e Idosos de Setúbal
     
  • Ano de implementação
    2007
     

Por Detrás de…

  • Objetivos
    Proporcionar à população sénior do concelho a oportunidade de visitar equipamentos e edifícios municipais
     
  • Destinatários
    Pessoas com mais de 65 anos de idade
     
  • Descrição
    Visitas a equipamentos e edifícios municipais, através das quais se procura mostrar aos visitantes a vertente funcional dos mesmos, com explicações sobre os serviços prestados pelos funcionários da Autarquia
     
  • Ações
    Visitas guiadas para grupos a equipamentos e edifícios municipais
     
  • Parcerias
    Serviço Municipal de Bibliotecas e Museus
     
  • Ano de implementação
    2013

Outros Projetos

A Câmara Municipal promove ainda outros projetos destinados à melhor integração de todos os cidadãos na sociedade, com o objetivo de alcançarem uma cidadania plena e ativa:

  • Seniores em Cena
    Ateliers de expressão dramática que decorrem ao longo do ano, permitindo desenvolver capacidades de comunicação e interação. O teatro assume-se como uma vertente artística e terapêutica
     
  • Desportivamente em (Re)Forma
    Atividades regulares de educação física adaptada para idosos, promovendo o exercício físico como veículo de promoção de bem-estar, saúde e qualidade de vida. O projeto abrange cerca de 700 praticantes
     
  • Mais Saber
    Cursos de iniciação à informática orientados para a população sénior. O projeto inclui, igualmente, cursos de inglês, de iniciação a graus avançados
     
  • Viatura Adaptada
    Transporte escolar de crianças com necessidades educativas especiais, assim como de munícipes com necessidade de transporte adaptado
     
  • Rola +Ambiente
    Construção de carrinhos de rolamentos pelos jovens, através da utilização de materiais reciclados
     
  • Mini-Torneio de Futebol +Ambiente
    A partir do gosto pela prática desportiva pretende-se promover o convívio social entre os participantes e instituições, sensibilizando para estilos de vida saudáveis e desportivismo
     
  • As +Loucas Jangadas de PET
    Construção de jangadas com garrafas de plástico e posterior corrida no canal do Parque de Merendas da Comenda
     
  • Hoje Limpamos Todos, Amanhã Ninguém Suja
    Envolvimento da população na limpeza e manutenção do bairro onde reside
     
  • Um passeio pela Natureza
    Em forma de caminhada, pretende-se dotar a população de conhecimentos na área do ambiente e de valorização das riquezas naturais
     
  • Distribuição de Ecopontos Domésticos
    Distribuição de ecopontos domésticos, sensibilizando a população adulta para a educação ambiental
     
  • Pintura de Papeleiras
    Envolvimento de crianças e jovens na pintura e colocação de papeleiras no Bairro das Manteigadas
     
  • Vozes do Bairro
    Publicação trimestral a cargo de jovens do bairro da Bela Vista, com a colaboração de diversas instituições, subordinada a uma temática juvenil
     
  • Graffit’Arte
    A partir de oficinas sobre graffiti, reflete-se sobre temas específicos que promovam a participação cidadã dos jovens
     
  • Visitas de estudo a contextos reais de trabalho
    Promoção do contacto dos participantes com diferentes áreas profissionais
     
  • Ações com moradores
    Criação de grupos formais e informais de moradores, com vista à organização de condomínios ou gestão partilhada de espaços comuns
     
  • Receção ao Novo Vizinho
    Realização de encontros informais por prédio, de receção a novos inquilinos
     
  • Convívios comunitários
    Dinamização de encontros nas comunidades, a partir da comemoração de dias festivos ou da realização de eventos culturais
     
  • Segurança Participada
    Sessões de sensibilização sobre medidas de segurança, em colaboração com a PSP, dirigidas à população idosa
     
  • Prevenção Rodoviária
    Sessões teóricas e práticas de formação nesta área, em colaboração com a PSP, dirigidas à população escolar do 1.º ciclo do Ensino Básico
     
  • Cães perigosos
    Sessões de sensibilização, em colaboração com a PSP, dirigidas à população escolar, procurando informar e sinalizar a existência de animais perigosos
     
  • Comportamentos de Risco
    Sessões de sensibilização sobre temas como a toxicodependência ou delinquência juvenil
     
  • Educação para a Saúde
    Sessões de sensibilização sobre temas como a higiene oral, a vacinação ou o planeamento familiar
     
  • Participação Política e Cívica
    Organização de visitas com grupos de jovens e idosos a locais como a Assembleia da República, a Câmara Municipal, as juntas de freguesia, ao tribunal ou ao estabelecimento prisional
APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign