22 de Outubro de 2017
14º
max. 21º
min. 10º
Ambiente
iniciativas em destaque
início > Atividade Municipal > Ambiente > Recomendações Ambientais
Recomendações Ambientais

Algumas recomendações para um Ambiente melhor.

Água

  • Nunca deixe a torneira a pingar
  • Não lave os dentes com a água a correr, utilize um copo
  • Tome banhos de chuveiro e não de imersão
  • Use pouco detergente quando lavar a louça ou roupa e não lave com água corrente
  • Use as máquinas de lavar apenas quando estiverem cheias
  • Sempre que detetar uma fuga de água ou uma possível contaminação informe os serviços competentes
  • Coloque uma ou mais garrafas cheias no reservatório do autoclismo para gastar menos água em cada descarga

Energia

  • Apague as luzes sempre que sair de uma divisão da casa
  • Utilize os programas económicos das máquinas de lavar
  • Utilize, sempre que possível, fontes de energia não poluidoras
  • Calafete as janelas e varandas
  • Utilize eletrodomésticos e lâmpadas de baixo consumo

Resíduos

  • Participe de forma ativa nas campanhas de recolha seletiva
  • Coloque o vidro, as embalagens, o papelão e as pilhas nos ecopontos distribuídos pela cidade
  • Coloque o lixo em sacos bem fechados e deposite-os dentro do contentor mais próximo
  • Feche sempre a tampa do contentor depois de depositar o lixo
  • Informe os serviços de higiene e limpeza sempre que tiver monos para recolher
  • Espalme sempre as caixas de cartão antes de as colocar no papelão
  • Reduza a quantidade de sacos plásticos utilizados
  • Evite o uso de produtos descartáveis
  • Aproveite as folhas de papel nos dois lados
  • Use papel reciclado
  • Utilize pilhas e baterias recarregáveis
  • Utilize a rede municipal de recolha seletiva de óleos alimentares usados. Mais informações no folheto disponível nesta página (área "Documentos")

Nos jardins

  • Contribua para a defesa e preservação das árvores e outras espécies vegetais dos espaços verdes públicos
  • Não passeie animais nos jardins públicos sem que estejam devidamente presos com trelas
  • Não permita que os animais dejetem ou urinem nessas zonas
  • Plante espécies naturais da região no jardim de casa
  • Utilize apenas adubos orgânicos no jardim
  • Regue o jardim nas horas de menor calor
  • Não utilize pesticidas nem herbicidas

Na praia

  • Respeite os sinais de aviso
  • Não deixe as crianças tomar banho sozinhas
  • Não vá para fora de pé em colchões ou em boias
  • Não tome banho depois de comer
  • Escolha praias vigiadas
  • Não ande de barco sem colete de salvação
  • Cumpra sempre as instruções dos nadadores-salvadores
  • Não suje a praia, mantenha-a sempre limpa
  • Não leve cães para a praia devido a riscos de saúde pública

Escaravelho da Palmeira

O escaravelho vermelho, Rhynchophorus ferrugineus, é um inseto que ataca várias espécies de palmeiras, alimentando-se no interior das bases das folhas e dentro dos troncos.

Apesar de grave e com grande possibilidade de dispersão, esta praga não tem efeitos nocivos para a saúde humana.

Queda de folhas, perda do gomo apical, aspeto remexido das folhas da coroa, coloração amarelada ou aspeto anómalo das folhas centrais, buracos de cor avermelhada viscosa e cheiro forte são alguns dos sintomas da infeção.

A Câmara Municipal desenvolveu um plano integrado de controlo da praga do escaravelho da palmeira, efetuando tratamento em mais de 90 árvores com dois produtos – um biológico, com seres vivos, de ataque ao escaravelho da palmeira, o outro, de bioestimulante, que funciona como complexo vitamínico.

A intervenção, num investimento superior a cinco mil euros, realizada com recurso a meios técnicos e humanos da Autarquia, foi feita em espécimes da palmeira das canárias em áreas públicas, como o Parque do Bonfim e imediações, Avenida Luísa Todi, Praça de Bocage e EB/JI do Montalvão e da Bela Vista.

Com o intuito de tornar o controlo do escaravelho da palmeira mais eficiente e, ao mesmo tempo, mais abrangente, os serviços camarários solicitam a colaboração dos munícipes para a identificação de árvores, no domínio público ou privado, que possam estar infetadas por este inseto.

Para isso está disponibilizado nesta página (área "Documentos") e nos serviços da Autarquia um formulário para preenchimento em caso de suspeita da praga, devendo ser entregue na Divisão de Espaços Verdes da Câmara Municipal de Setúbal ou através do endereço de correio eletrónico diev@mun-setubal.pt.

Para mais informações, consulte o Guia de Boas Práticas Ambientais

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign