21 de Junho de 2018
17º
max. 27º
min. 14º
Localização e Características
iniciativas em destaque
início > Concelho > Localização e Características > União das Freguesias de Setúbal
União das Freguesias de Setúbal

A União das Freguesias de Setúbal resulta da fusão das antigas freguesias de Santa Maria da Graça, São Julião e de Nossa Senhora da Anunciada, passando a ter efeitos práticos no concelho de Setúbal desde as eleições autárquicas de 29 de setembro de 2013.

Em resultado da Lei n.º 22/2012, de 30 de maio, e da Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro, que deu cumprimento à reorganização administrativa do território imposta pela lei anteriormente mencionada, o concelho de Setúbal foi alvo de uma reorganização administrativa, passando a ser constituído por cinco freguesias.

Área territorial: 36,76 km2

N.º de habitantes: 38.098

Resultante da junção das freguesias de Santa Maria da Graça, São Julião e Nossa Senhora da Anunciada, a União das Freguesias de Setúbal reúne as áreas do concelho há mais tempo habitadas.

A antiga freguesia de Santa Maria da Graça era a mais antiga de Setúbal, tendo sido criada em 1248, quando se constituiu a primeira paróquia da cidade, até então subordinada religiosamente a Palmela, devendo-se a denominação a essa primeira igreja paroquial.

Por aglutinação das anteriores freguesias de São Julião e da Anunciada, a União das Freguesias de Setúbal reúne agora grande parte do centro histórico da cidade, com vestígios pré-romanos e romanos, sobretudo ligados à salga de peixe.

Devido à crescente importância da cidade, muitas construções foram erigidas entre os séculos XIV e XVI, como a Torre do Outão, em 1390, para proteção do porto, os conventos de S. Francisco, em 1410, e de Jesus, em 1490, e, cerca de cem anos mais tarde, a Fortaleza de S. Filipe.

Após o estabelecimento da Ordem de Santiago nas vizinhas povoações de Alcácer do Sal e Palmela, no século XIII, Setúbal foi repovoada, progressivamente, pela zona baixa que se estende até Troino, contribuindo para o desenvolvimento de atividades ligadas à pesca, exploração e comércio de sal.

A indústria conserveira trouxe, entre meados do século XIX e início do século XX, grande empregabilidade à população da cidade, em resultado do crescimetno do número de fábricas de conserva de peixe.

Durante centenas de anos, praticamente até 1960, a zona urbana terminava onde hoje se encontra o Estádio do Bonfim, começando, então, a área rural.

Com o desenvolvimento urbanístico a partir dessa década, os bairros do Liceu, de Vanicelos, do Montalvão, das Amoreiras e do Ferro de Engomar foram ampliando a área habitacional.

Nesta união de freguesias é possível visitar vários locais de interesse turístico e cultural, como o Fórum Municipal Luísa Todi, a Casa da Cultura, a Casa da Baía, a Igreja de Santa Maria (também conhecida por Sé de Setúbal), o Mercado do Livramento, o Parque Urbano de Albarquel, a Casa Bocage, o Parque do Bonfim e a Casa do Corpo Santo.

É também na União das Freguesias de Setúbal que se encontram os Paços do Concelho.

Junta de Freguesia

outros sites

anterior

anterior

Informação Municipal
Setúbal pode ficar mais perto de si por correio, telemóvel ou por e-mail.
imagem da semana

vídeo da semana
associativismo
APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign