18° Nublado

Duas ações de formação, realizadas no final de outubro, em Setúbal, proporcionaram competências em matéria de educação ambiental a mais três dezenas de professores e técnicos de autarquias e empresas da região.


As ações, que resultam de uma parceria entre a ASPEA – Associação Portuguesa de Educação Ambiental e a Câmara Municipal de Setúbal, são cofinanciadas pelo Fundo Ambiental, integrado na ENEA 2020 – Estratégia Nacional de Educação Ambiental.

“Educação Ambiental para a Sustentabilidade: aprender fora de portas, em ecossistemas fluviais”, realizada a 22 de outubro, na placa central da Avenida Luísa Todi, levou mais de dezena e meia de técnicos de autarquias e professores a trabalhar questões relacionadas com metodologias e dinâmicas pedagógicas para o desenvolvimento de projetos de educação ambiental.

A segunda ação, “Sustentabilidade e Responsabilidade Social”, realizada a 30 de outubro, no auditório do Mercado do Livramento, capacitou 16 técnicos de autarquias e empresas com metodologias de educação não formais que visam fomentar a oferta formativa específica no domínio do ambiente e da sustentabilidade.

A iniciativa, que teve, igualmente, como objetivos mobilizar e motivar o setor empresarial para o envolvimento em ações de voluntariado ambiental, contou com a parceria da associação Feel4Planet, que levou os formandos a participar numa iniciativa de voluntariado junto do mercado, que resultou na recolha de 1159 beatas de cigarro.

Uma terceira e última ação no âmbito da parceria entre a autarquia e a ASPEA realiza-se a 9 de novembro, durante todo o dia, no auditório do Mercado do Livramento, com sessões, com a duração de uma hora e meia, dirigidas às ecoescolas do município, para apresentação do projeto europeu “Vamos Cuidar do Planeta”.