17° Parcialmente nublado

Cerca de 40 mil pessoas brindaram ao novo ano ao longo da frente ribeirinha de Setúbal, numa noite com concertos repartidos por três espaços e um espetáculo de fogo de artifício sobre o rio Sado.


O DJ Paulo Di-Light, na Tenda dos Golfinhos, montada na Doca dos Pescadores, o duo Beliche, no Palco Casa dos Pescadores, e Jorge Nice, no Palco Rockalot, na Praia da Saúde, animaram as últimas horas de 2018 e as primeiras de 2019 com concertos que estiveram sempre cheios.

A existência de carrinhas de street food ao longo da zona ribeirinha foi outro destaque do programa do Fim de Ano Azul ao permitir a permanência das pessoas durante mais tempo na zona ribeirinha.

À meia-noite as atenções das perto de 40 mil pessoas que marcaram presença entre a Doca dos Pescadores e o Parque Urbano de Albarquel voltaram-se para o céu para um impressionante fogo de artifício que encheu de luz e cor o Sado, durante 12 minutos.

O espetáculo pirotécnico, melhorado em relação às edições anteriores, devido a uma melhor simetria e à redução dos tempos mortos, foi visto também por centenas de pessoas noutros pontos da cidade com vista privilegiada sobre a baía, como as Escarpas de Santos Nicolau e o Miradouro de São Sebastião.

A festa da noite mais longa do ano também se fez em alguns restaurantes e bares da frente ribeirinha e da Avenida Luísa Todi, abertos até mais tarde, com programas para os milhares de pessoas que escolheram esta zona de Setúbal para celebrar a entrada em 2019.