Muito nublado
Comunidade Ortodoxa | Cânticos de Natal e Ano Novo

A comunidade ortodoxa de Setúbal celebrou a chegada do Ano Novo, de acordo com o calendário juliano, no dia 14, duas semanas depois do católico, com um momento musical realizado na escadaria dos Paços do Concelho.


“A celebração é a mesma [dos católicos]. O que muda é apenas o calendário. O ano velho termina no dia 13 de janeiro”, indicou o padre Oleg, da Comunidade Ortodoxa Santo Apóstolo Andrei, que mantém a fé e os costumes ortodoxos mesmo a milhares de quilómetros da sua cidade-natal.

A comitiva da Comunidade Ortodoxa Santo Apóstolo Andrei, oriunda da Moldávia, interpretou quatro temas, em romeno, de saudação ao novo ano. Das vestes com várias cores, que se assumem como um símbolo tradicional do país, destaca-se a camisa branca com bordados a vermelho.

O grupo ortodoxo local foi recebido pela presidente da Câmara Municipal, Maria das Dores Meira, que, em nome da autarquia, deu as boas-vindas aos elementos da comunidade e agradeceu as saudações de bom Ano Novo.

Já o Natal ortodoxo festeja-se no dia 7 de janeiro, treze dias depois do católico, seguindo o calendário juliano, criado por Júlio César no ano 46 antes de Cristo.

A Igreja Ortodoxa nunca aceitou a reforma do calendário gregoriano feita em 1582 pelo papa Gregório XIII, que Portugal adotou de imediato, e continuou a utilizar o calendário juliano.

A associação Comunidade Ortodoxa Santo Apóstolo Andrei é uma comunidade religiosa ortodoxa, também designada por igreja, afeta ao Patriarcado de Moscovo, sem quaisquer fins lucrativos e de caráter religioso.