12° Céu limpo
O Corcunda de Notre Dame - II Bambolinices

Uma homenagem ao ator Carlos César marca, a 15, a abertura da segunda edição do Bambolinices – Bienal de Teatro e Artes Performativas para Toda a Família, em programa a realizar até dia 23 com duas dezenas de espetáculos e workshops.


O certame, organizado pela cooperativa GATEM – Espelho Mágico com apoio da Câmara Municipal de Setúbal, está de regresso para promover o teatro e as artes performativas, cultivar o intercâmbio cultural e a formação de novos públicos, bem como estabelecer contacto com as expressões artísticas de outros países.

Após um tributo ao ator Fernando Guerreiro na primeira edição, em 2018, o Bambolinices – Bienal de Teatro e Artes Performativas para Toda a Família homenageia este ano Carlos César, ator, encenador, fundador do Teatro Animação de Setúbal e figura cimeira do teatro para a descentralização cultural.

A homenagem realiza-se no espetáculo de abertura do festival, no dia 15 de fevereiro, às 17h00, no Fórum Luísa Todi, após a apresentação da peça “O Corcunda de Notre-Dame”, uma produção da GATEM – Espelho Mágico, adaptada por Miguel Assis do clássico de Victor Hugo.

Os bilhetes para o espetáculo inaugural têm o valor de cinco euros, com a possibilidade de aquisição do Pack Família, que proporciona entradas a quatro euros mediante compras iguais ou superiores a três bilhetes.

À noite, com início às 21h00, no salão da Associação de Socorros Mútuos Setubalense e de entrada livre, o Teatro Zero, companhia de Vila Franca de Xira, apresenta “Recoletor de Histórias”, tertúlia poética e musical de um contador de histórias recolhidas pelos locais por onde passou.

O coreto da Avenida Luísa Todi é o palco, no dia 16, às 15h00, para a “Comédia Muda”, da Mala d’Arte, Braga, encenação gratuita para o público apreciador de humor inspirado em nomes da comédia da cinematografia sem som, como Charles Chaplin e Buster Keaton.

A companhia lisboeta ProtagonizaMagia leva ao Fórum Municipal Luísa Todi, também no dia 16, mas às 17h00, “A Cigarra e a Formiga”, numa adaptação da fábula infantil, em que quatro atores se desdobram em dez personagens distintas. As entradas têm o valor de cinco euros, com possibilidade de aquisição do “Pack Família”.

A terminar o dia, com início às 21h00, na Sociedade Filarmónica Perpétua Azeitonense, o Grupo de Teatro do Banco de Portugal, de Lisboa, encena “BrinCadeiras”, espetáculo que gira em torno das pessoas e das suas cadeiras. Os bilhetes custam cinco euros, com Pack Família disponível.

A 17 de fevereiro, às 11h00, no Centro Social Nossa Senhora da Paz, da Cáritas, a Anima Teatro, do Seixal, apresenta “Estações: Teatro para bebés”, enquanto, às 14h00, no Cinema Charlot – Auditório Municipal, a Cativar, de Lisboa, encena “A História da Carochinha”. Ambos os espetáculos têm entradas a quatro euros.

“Mostra a Palhaça, pequenos números para pequenos com grandes palhaças!” é a proposta que a Fric à Frac: Companhia de Teatro Circo leva ao Cinema Charlot – Auditório Municipal no dia 18, às 11h00. À tarde, o Projeto Ruínas apresenta “Atelier Paixão”, às 14h00, na Casa Carlos César, nas instalações do Inatel de Setúbal. Para ambas as atuações os bilhetes têm o valor de quatro euros.

Ainda no dia 18, a partir das 18h00, no auditório da Casa do Largo – Pousada da Juventude, Eva Ribeiro conduz o workshop “A Travessia do Clown”, ação, com a duração de quatro horas, destinada a maiores de 16 anos que desejem conhecer a arte de ser palhaço. A participação tem o custo de dez euros.

A GATEM leva a cena, no dia 19, às 11h00, no Fórum Luísa Todi, a peça “Dona Natureza”, com entradas a quatro euros.

À tarde, com início às 14h00, no Teatro de Bolso, é encenada a peça “João Pé de Feijão”, pela companhia brasileira Cia Teatral Procênio. Os bilhetes têm o valor de 3,50 euros.

As atrizes espanholas Paula Dominguez, Laura Távora e Tamara Moreno representam, no dia 20, às 11h00, no Núcleo dos Amigos do Bairro Santos Nicolau, a história “O Capuchinho Vermelho”. As entradas têm, também, o valor de 3,50 euros.

Ainda no dia 20, às 14h30, no Fórum Municipal Luísa Todi, o TAS apresenta “Auto da Barca”, espetáculo com bilhetes a quatro euros, destinado, sobretudo, a alunos no 3.º ciclo do ensino básico.

A companhia Rugas leva, no dia 21, às 14h00, no Centro Social Nossa Senhora da Paz, o espetáculo infantil “Jardim Pim Pim”, com ingressos no valor de 3,50 euros.

A Sociedade Filarmónica Perpétua Azeitonense recebe no dia 22, às 15h00, “Forja”, tragédia inquietante produzida pela companhia Teatro Experimental de Mortágua.

Bilhetes a cinco euros, com possibilidade de aquisição do Pack Família, o mesmo preçário do espetáculo da noite, às 21h30, no Fórum Luísa Todi, “D. Quixote de La Mancha”, produção da GATEM em estreia na segunda edição do Bambolinices.

A Monda Teatro e Música, de Lisboa, leva o espetáculo de teatro e de música para bebés “Kaô Embalos do Mundo”, no último dia do Bambolinices, 23 de fevereiro. A atuação, com entradas a quatro euros, tem início às 11h00 na Casa Carlos César.

A GATEM encerra o festival com a reposição de “D. Quixote de La Mancha”, às 17h00, no Fórum Luísa Todi, mantendo-se o preçário da primeira apresentação.

Reservas e informações adicionais relacionadas com o festival Bambolinices – Bienal de Teatro a Artes Performativas para Toda a Família através do endereço ceucampos.gatem@gmail.com ou dos telefones 965 051 347 e 265 719 598.

O programa completo e detalhado pode ser consultado aqui.