17° Parcialmente nublado
António Maria Eusébio | Exposição Biobibliográfica

A biobibliografia do poeta popular setubalense António Maria Eusébio, também conhecido como o Calafate, é apresentada numa exposição no dia 8, à tarde, no Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal.


Conteúdos históricos da vida e obra do poeta popular setubalense integram a mostra “Biobibliografia – O Cantador de Setúbal, António Maria Eusébio, O Calafate – 1819-1911”, inaugurada no dia 8, no âmbito do programa que a Câmara Municipal, em parceria com diversas entidades, promove para assinalar o bicentenário do nascimento do improvisador.

Os documentos expostos são fruto do acervo da Câmara Municipal, do Clube de Colecionismo de Setúbal, de António Correia, de José Peres Claro, de António Cunha Bento, Francisco Borba, António Madureira Lopes e António Galrinho, e agora reunidas em exposição, com inauguração agendada para as 18h00.

Nascido a 15 de dezembro de 1819, na antiga Rua dos Marmelinhos, no Bairro de Troino, Calafate relatou em poemas e cantigas a evolução do burgo setubalense do seu tempo, decisivo período de reconfiguração histórica e social que marcaria a transição do século XIX para o século XX português, com imediatas repercussões locais.

Pelo meio dos agitados 365 dias de 1910, o cronista setubalense, encorpado e de voz grossa, retratou a passagem do regime monárquico para o republicano, os confrontos entre patrões e operários, senhorios e inquilinos, os ideais socialistas e conservadores e os pescadores setubalenses.

Cantou ainda sobre a própria vida, desde a infância, sobre Bocage e sobre acontecimentos nacionais e mundiais, como a passagem do cometa Halley, em 1910.

O programa comemorativo do Bicentenário do Nascimento de António Maria Eusébio (1819-1911), a decorrer desde dezembro do ano passado, inclui, ao longo de 2019, exposições, atuações musicais, conferências, apresentação de livros, atividades de poesia e performances cénicas.

A Câmara Municipal de Setúbal, o Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal, o Rotary Club de Setúbal, o Arquivo Distrital de Setúbal, a Liga dos Amigos de Setúbal e Azeitão, a Associação Casa da Poesia, o Centro de Estudos Bocageanos e a Universidade Sénior de Setúbal organizam as comemorações.