17° Possible Light Rain
Receção a caloiros do Instituto Politécnico de Setúbal

A Câmara Municipal de Setúbal deu as boas-vindas a mais de mil novos alunos do Instituto Politécnico de Setúbal numa receção ao caloiro que decorreu a 26 de setembro defronte dos Paços do Concelho.


“E para os alunos do IPS não vai nada, nada, nada?! Tudo!” Foi com o grito académico que a presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, recebeu os novos alunos do IPS – Instituto Politécnico de Setúbal.

Imbuídos no espírito académico, sentados no chão, como resposta à autarca, a ovação dos “estefanilhos”, nome por que são conhecidos os alunos do IPS, foi geral e propagou-se por toda a Praça de Bocage.

“Sejam muito bem-vindos. Estamos muito contentes por vos ter cá e espero que esta vossa passagem por Setúbal seja marcante. Sejam muito felizes aqui”, referiu a autarca.

Na conversa com os jovens, Maria das Dores Meira quis conhecer as origens daqueles que chegam agora à cidade, manifestando desejo de que se estabeleçam no concelho.

“Esta é mais uma etapa na vossa vida escolar, com projeção para a vida profissional. E o que vos desejamos é que fiquem cá. Não vão embora.”

Os caloiros que esta manhã foram recebidos nos Paços do Concelho fizeram a pé o percurso desde o campus do IPS, nas Manteigadas, até à Baixa da cidade.

À chegada, os cerca de mil novos estudantes universitários, acompanhados por duzentos veteranos trajados a rigor e com as capas negras, circundaram a estátua de Bocage, para a habitual saudação ao poeta.

No final da cerimónia, veteranos e padrinhos deram a ordem para avançar. Os jovens, envergando alguidares de plástico, capacetes de obra, balões de várias cores e um porta-estandarte, seguiram para um almoço-convívio no Largo José Afonso.

Pelo percurso foram anunciando a passagem com cantorias de apoio às escolas do IPS – Instituto Politécnico de Setúbal onde entraram este ano para frequentar licenciaturas de diversas áreas.

A Semana de Acolhimento do IPS, composta por diversas atividades, é organizada pela Associação Académica com o apoio do Instituto Politécnico de Setúbal.