25° Céu limpo
COVID-19-Desinfeção-profunda-do-centro-de-testes-3.jpg

A Escola Básica dos Arcos foi alvo na manhã do dia 20 de uma intervenção de limpeza e desinfeção profunda na sequência da mudança do centro de testes à Covid-19 deste estabelecimento para a EB do Monte Belo.


As ações diárias de higienização da EB dos Arcos foram reforçadas no final de abril, com a desinfeção por ozonização no interior, graças a um equipamento próprio adquirido pela Câmara Municipal de Setúbal.

A máquina de ozono esteve novamente naquele estabelecimento de ensino, na manhã do dia 20, para uma operação de limpeza mais profunda, que incluiu também a desinfeção de espaços exteriores, agora que o centro de testes à Covid-19 se transferiu, no dia 19, para a EB do Monte Belo.

O centro tem capacidade para a realização de 80 testes diários à Covid-19, mediante marcação prévia para os telefones 966 501 091 ou 966 512 191 e com a apresentação obrigatória da prescrição pela Linha Saúde24 e pelo médico de família.

O trabalho no centro de testes, agora instalado na EB do Monte Belo, é garantido por perto de duas dezenas de profissionais, concretamente técnicos do Laboratório Germano de Sousa apoiados a nível administrativo por funcionários dos municípios de Setúbal, Palmela e Sesimbra.

O horário de funcionamento mantém-se de segunda-feira a sábado, das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

A desinfeção de espaços interiores com recurso ao processo de ozonização, como a ocorreu no dia 20 na EB dos Arcos, que não liberta substâncias nocivas para a saúde, está a ser feita em perto de duas dezenas de estabelecimentos de ensino pré-escolar do concelho.

A intervenção, que inclui a limpeza e desinfeção profunda também dos espaços exteriores dos edifícios escolares, realiza-se no âmbito da preparação das condições de segurança e higiene para a reabertura dos jardins de infância a 1 de junho.

Os equipamentos municipais cujo reinício de atividade está previsto para dia 2, concretamente Auditório José Afonso, Casa da Cultura, Cinema Charlot – Auditório Municipal, Casa do Largo e Centro Multicultural, vão, igualmente, ser alvo de uma desinfeção profunda com recurso à nova máquina de limpeza à base de ozono.

O ozono é um composto natural que quando combinado com água desenvolve-se como um potente desinfetante ecológico, extremamente oxidante e que se torna eficaz na eliminação de diversos microrganismos, assumindo-se, deste modo, um aliado no combate à propagação do novo coronavírus.

Este processo requer muito pouco tempo de contacto para ser eficaz, inativando vírus em dois minutos, e, uma vez que não envolve o consumo de produtos ou reagentes, para além do oxigénio, é uma operação “seca”.