Autocarros Carris Metropolitana - concessionário Alsa Todi - Visita do presidente ao parqueamento no BlueBiz

No seguimento da posição manifestada no dia 6 pelo município de Setúbal junto da TML (Transportes Metropolitanos de Lisboa), sobre a necessidade de desenvolver os imprescindíveis esforços para normalizar rapidamente a operacionalidade dos transportes públicos rodoviários no concelho, em particular no que diz respeito ao incumprimento de horários e lotações dos autocarros, divulga-se na íntegra o comunicado emitido pela TLM. 


Comunicado da Transportes Metropolitanos de Lisboa

Transportes Metropolitanos de Lisboa está a desenvolver todos os esforços para garantir que a operação da Carris Metropolitana seja realizada por parte da Alsa Todi nos termos contratuais definidos  

A Carris Metropolitana entrou em funcionamento no dia 1 de junho, nos municípios de Alcochete, Barreiro, Moita, Montijo, Palmela e Setúbal.

Como entidade detentora e responsável pela gestão da marca Carris Metropolitana, a Transportes Metropolitanos de Lisboa (TML) está a acompanhar, com preocupação, todas as dificuldades relativas à entrada em operação nestes municípios, lamentando o impacto que as mesmas têm causado junto dos passageiros.

A operação nestes municípios, área 4, é assegurada pela empresa Alsa Todi, que assumiu contratualmente um nível de serviço que ainda não conseguiu atingir, nomeadamente no que diz respeito ao cumprimento de horários e disponibilização de informação ao público.

A TML tomou hoje conhecimento que algumas destas falhas de serviço se devem a questões laborais entre a Alsa Todi e os seus trabalhadores, estando, no entanto, a desenvolver todos os esforços para garantir que a operação da Carris Metropolitana seja realizada nos termos contratuais definidos, com vista à rápida e completa resolução das atuais situações de incumprimento.

É expetativa da TML que a partir de hoje, a operação da área 4 possa retomar o seu funcionamento, efetuando os horários praticados pelo operador anterior. Estamos a trabalhar no sentido de garantir que o novo operador possa superar os incumprimentos nesta fase de arranque inicial e assegurar a oferta prevista para a nova operação.

 

Notícias Relacionadas

Dificuldades na operação da Carris Metropolitana motivam preocupação

A Câmara Municipal de Setúbal, perante as dificuldades sentidas nos primeiros dias de operação da Carris Metropolitana no concelho, tem vindo a manifestar junto da TML, a entidade responsável pela gestão dos transportes públicos na Área Metropolitana de Lisboa, as suas preocupações com os problemas surgidos, em particular no que diz respeito ao incumprimento de horários e lotações dos autocarros.

6 Junho, 2022