13° Nublado
Convento de Jesus - exterior

O Museu de Setúbal/Convento de Jesus, com novos espaços reabilitados para usufruto do público, reabre a 10 de outubro, com um programa cultural de dois dias que inclui apontamentos musicais e visuais, a par de visitas guiadas.


A sessão oficial de reabertura do monumento nacional, após conclusão da segunda fase das obras de reabilitação promovidas pela Câmara Municipal de Setúbal, realiza-se às 18h00, a qual conta com uma intervenção pela presidente da autarquia, Maria das Dores Meira, e um apontamento musical pela Academia de Música e Belas-Artes Luísa Todi, acompanhada por Maria Clara Batista, no violoncelo.

Segue-se, às 18h30, uma visita guiada ao Museu de Setúbal/Convento de Jesus, que inclui um circuito musical com passagens pela Igreja de Jesus, Coro Alto e zona dos Claustros, com Cecília Drouillet, em harpa, Beatriz Afonso, no violino, e Miguel Santos, na guitarra clássica, ambos da Academia de Música e Belas-Artes Luísa Todi, e Ana Sofia Vilares, em flauta transversal, da Sociedade Musical Capricho Setubalense.

Para o público em geral, as visitas, de entrada gratuita, com lugares limitados, decorrem no período das 19h00 às 20h00, mediante reserva pelo telefone 265 537 890 ou pelo email conventodejesus@mun-setubal.pt.

O programa cultural de dia 10 conta ainda com o espetáculo de vídeo mapping “Convento de Jesus”, evento de grande impacte visual, com projeção na fachada principal do monumento, dinamizado por Ocubo, com sessões às 21h00 e às 23h00, assim como um concerto oficial de abertura, às 21h15, a cargo de Rodrigo Leão, o qual conta com a participação especial do Coro Feminino TuttiEncantus, ambos no renovado Largo de Jesus.

Neste concerto, Rodrigo Leão, ao piano e no sintetizador, acompanhado de Ângela Silva, voz, sintetizador e metalofone, de Viviena Tupikova, violino e voz, de Carlos Tony Gomes, violoncelo, e João Eleutério, guitarra, baixo, sintetizador, percussão e harmónio indiano, explora “O Método”, uma produção de influências clássicas e eletrónicas que convida ao silêncio e à tranquilidade.

Tanto o espetáculo de vídeo mapping como o concerto por Rodrigo Leão têm entrada gratuita, mediante levantamento de convite na Casa da Cultura, localizada na Rua Detrás da Guarda, no centro histórico da cidade.

O programa de atividades que assinala a reabertura do Museu de Setúbal/Convento de Jesus continua no dia seguinte, às 11h00, na Igreja de Jesus, com a celebração de uma missa pelo bispo de Setúbal, D. José Ornelas Carvalho, a qual conta com a participação do Coral Luísa Todi.

Segue-se, às 15h00, a iniciativa Coro Setúbal Voz no Convento, que apresenta “Uma Alegria sem Fim que chega a ser Dor (coros de Dor e Amor)”. Já a partir das 16h00, há visitas guiadas e comentadas ao Museu de Setúbal/Convento de Jesus com as participações de GATEM – Espelho Mágico, do Teatro Estúdio Fontenova, do Teatro Animação de Setúbal e do TOMA – Teatro Oficina Multi Artes. As visitas são de entrada gratuita, mediante reserva pelo telefone 265 537 890 ou pelo email conventodejesus@mun-setubal.pt.

O programa encerra com a peça “Quadro Vivos de Caravaggio”, encenada por Ricardo Barceló, com sessões às 18h30 e as 21h30, que partilha com o público dramatizações acompanhadas de melodias barrocas e em que os atores Bárbara Cordeiro, Daniela Serra, Jan Gomes, Sofia Vasconcellos Gonçalves, Miguel Freire, Anouschka Freitas e Jorge Albuquerque representam ao vivo pinturas.

O apontamento musical pelo Coro Setúbal Voz e a dramatização “Quadros Vivos de Caravaggio” são de entrada gratuita, mediante reserva na Casa da Cultura de Setúbal ou através do email casacultura@mun-setubal.pt.

De acordo com as normas sanitárias definidas pela Direção-Geral da Saúde relativas à pandemia de Covid-19, é obrigatório o uso de máscara e o respeito pelo distanciamento físico em todos os eventos do programa dinamizado no âmbito da reabertura do Museu de Setúbal/Convento de Jesus.

Condicionamento de trânsito

A cerimónia de reabertura do Museu de Setúbal/Convento de Jesus, a 10 de outubro, motiva restrições à circulação automóvel em vários troços da Avenida 22 de Dezembro.

No sentido de circulação norte/sul, a Avenida 22 de Dezembro está interdita a partir das 14h00 no troço compreendido entre as interseções com a Rua Jorge de Sousa e a Avenida dos Combatentes da Grande Guerra.

Como alternativa, os automobilistas devem utilizar as ruas Jorge de Sousa, Oliveira Martins, Frei António das Chagas, Acácio Barradas e Alves da Fonseca, assim como a Avenida dos Combatentes da Grande Guerra.

Já no sentido de trânsito sul/norte, a Avenida 22 de Dezembro fica encerrada a partir das 14h00 no troço compreendido entre as interseções com as avenidas 5 de Outubro e Mariano de Carvalho.

Acresce, a partir das 17h00, o encerramento de mais um troço da Avenida 22 de Dezembro, igualmente no sentido sul/norte, entre as avenidas dos Combatentes da Grande Guerra e Mariano de Carvalho, o que impossibilita a viragem para a Avenida 5 de Outubro.

 

Documentos Relacionados