Albano | MAPS 2022

A MAPS – Mostra de Artes Performativas de Setúbal realiza-se entre os dias 7 e 16 de julho, com um conjunto de intervenções artísticas, em vários locais da cidade, que promovem o encontro entre os criadores e o público.


A quarta edição da MAPS, evento organizado pela Câmara Municipal de Setúbal, reafirma-se no panorama nacional como um projeto determinante na aproximação entre a criação artística e o público, com o debate de temas fundamentais que refletem preocupações da atualidade.

O programa de 2022 apresenta um conjunto de atividades de entrada gratuita, com os contributos de artistas e companhias portuguesas e estrangeiras, cruzando linguagens artísticas performativas mais contemporâneas e o encontro com a comunidade e o território.

A MAPS abre no dia 7, às 21h30, com a apresentação de “Impressões”, projeto de fotografia, arquivo, cinema e teatro de Tânia Dinis, concebido especificamente para o contexto de Setúbal e A Gráfica, no âmbito das Bolsas de Criação Artística, promovidas pela autarquia. O evento tem nova sessão às 22h30.

No dia seguinte, André e. Teodósio e José Maria Vieira Mendes levam à cena o espetáculo “Info Maníaco”, em A Gráfica – Centro de Criação Artística, a partir das 21h30.

A quarta edição da MAPS conta com mais uma ocupação do Bairro das Ideias, levando arte às montras e janelas da Baixa da cidade no evento “Performances no Bairro”, no dia 9.

André Moniz, Cátia Terrinca, Canto Ondo, Catarina Caetano, Daniel Gonçalves, Figa – Companhia XPTO, Guilherme Ferreira, Inês Oliveira, Iris Wickings, João Bordeira, Lígia Soares, Patrícia Lima, Ricardo Galvão e Tatiana Gomes dinamizam várias criações artísticas, entre as 11h00 e as 12h30, na Rua Antão Girão, Rua Dr. Paula Borba, Rua da Velha Alfândega e Rua Arronches Junqueiro.

Ao longo do dia, a Imagerie – Casa de Imagens dinamiza o projeto “Latas na Cidade”, que desafia os participantes a tirar fotografias com latas transformadas em câmaras fotográficas estenopeicas (pinhole), as quais estão espalhadas por diversos locais da cidade com as respetivas instruções de utilização.

À noite, a partir das 21h30, A Gráfica acolhe o espetáculo de clown “Albano”, por Rui Paixão.

“A Ilha Desconhecida”, pela Trigo Limpo Teatro ACERT, dia 10, às 15h00 e às 18h00, no Jardim do Bonfim, é a primeira atividade do Mini-MAPS, programa pensado especificamente para o público mais jovem.

O espetáculo, inspirado em “O Conto da Ilha Desconhecida” de José Saramago, integra igualmente as Comemorações do Centenário de José Saramago.

A companhia Tombs Creatius apresenta, igualmente no dia 10, das 15h00 às 18h00, no Jardim do Bonfim, “A Estranha Viagem do Senhor Tonet”, instalação de som, luz e movimento, com nove jogos interativos criados a partir de construções de madeira.

O programa da MAPS prossegue a 14, às 21h30, em A Gráfica, com um espetáculo sobre a exploração da boca através de dois corpos transsexuais, “Atlas na Boca”, pela artista brasileira Gaya de Medeiros.

No dia seguinte, nos mesmos horário e local, Mário Coelho apresenta “I’m Still Excited”, sequela do espetáculo “I’m So Excited”, que aborda o fim de uma relação entre duas pessoas, inseridas num cenário de festa, que é também um ensaio de teatro.

O espetáculo cénico “Nu Meio – Bailão”, de Filipa Francisco e Bruno Cochat, encerra a 16, a partir das 21h30, em A Gráfica, a quarta edição da Mostra de Artes Performativas em Setúbal.

No decurso da Mostra de Artes Performativas de Setúbal, entre os dias 7 e 16, é possível visitar a exposição “A Morte deu à luz uma ideia”, de Paula Moita, em A Gráfica.