14° Parcialmente nublado
Do Alto da Ponte - teatro

A vida dos anos 50 e o tema da emigração, numa transposição para a atualidade, estiveram em destaque na peça norte-americana “Do Alto da Ponte”, apresentada a 16 de fevereiro, no Fórum Municipal Luísa Todi.


A obra assinada pelo dramaturgo norte-americano Arthur Miller, adaptada pelos Artistas Unidos e encenada por Jorge Silva Melo, conta a história de Eddie Carbone, um estivador de Nova Iorque que vive confiante do seu lugar na classe trabalhadora do bairro a que chama casa.

No entanto, a vida muda quando concorda em receber os primos emigrantes e um caso amoroso expõe um segredo da família.

A suspeição, o ciúme e a traição rapidamente se seguem neste drama passional de Arthur Miller, numa altura em que a caça às bruxas, em particular aos comunistas, desencadeada no período do McCarthismo ganha uma força redobrada.

No palco do Fórum Luísa Todi falou-se de emigrantes e de escolhas difíceis, num texto que facilmente se pode transpor dos anos 50 para a atualidade.

O elenco contou com as participações de Américo Silva, Joana Bárcia, Vânia Rodrigues, António Simão, Bruno Vicente, André Loubet, Tiago Matias, Hugo Tourita, Gonçalo Carvalho, João Estima, Hélder Braz, Inês Pereira, Romeu Vala e Miguel Galamba.