19° Parcialmente nublado
Setúbal Mais Bonita 2019 - escolas

A comunidade escolar setubalense esteve, ao longo do dia 31, envolvida em ações de beneficiação nas escolas do concelho dinamizadas no âmbito do projeto municipal de cidadania ativa Setúbal Mais Bonita.


As escolas deram o mote para a nona edição da maior campanha de participação cidadã que se realiza em Portugal na área da requalificação urbana na qual, entre hoje e domingo, são executadas mais de uma centena e meia de intervenções em equipamentos e espaços públicos da cidade e do concelho.

O Setúbal Mais Bonita arrancou na manhã de dia 31, com a presidente da autarquia, Maria das Dores Meira, e o vereador com o pelouro da Educação, Ricardo Oliveira, a marcarem presença em estabelecimentos de ensino, de jardins de infância, a escolas básicas e secundárias, nas quais são realizadas intervenções.

Na EB Afonso Costa, ainda o relógio não marcava as dez da manhã e já os alunos das turmas do primeiro ano desenhavam e pintavam o chão, sob o olhar atento das professoras Susana Pereira e Rita Miranda.

“Eu pinto com o azul”, atira um aluno, logo seguido de uma colega que pede a cor laranja para pintar bolas no chão, tarefa assegurada com o auxílio de uma professora. “Escorre a tinta do pincel. Pinta mais devagar e com cuidado. Isso mesmo. Assim vai ficar bonito”, adverte a docente.

Ao longo da manhã, foram mais de uma centena de alunos da EB Afonso Costa que participaram na ação de requalificação do espaço exterior deste estabelecimento de ensino.

“São dez turmas a participar. Cada uma pinta um jogo tradicional no chão. Escolhemos jogos tradicionais para que os alunos, enquanto aprendem, também treinam a parte da motricidade”, frisa Susana Pereira, para depois revelar a frustração dos mais novos. “Julgavam que pintavam e que começavam imediatamente a jogar.”

Do outro lado do recreio, a animação e o movimento denuncia a presença de mais alunos. Outras pinturas, estas mais elaboradas, estão em curso. Na parede, o slogan “Escola de Sonhos”, foi o chavão para um mar de cores que deambulam entre o azul do rio Sado e o verde da Serra da Arrábida. Também são percetíveis contornos de golfinhos ainda por colorir.

“Este mural representa alegria, simpatia e coisas alegres. Gosto muito de participar nestas atividades e em casa também gosto de pintar”, afirma Guilherme, da turma B do terceiro ano, sem tirar os olhos do pincel, enquanto preenche o desenho de mais uma onda.

“Se eu pudesse pintava a minha escola toda de azul. Não! Pintava a escola de todas as cores do mundo”, soltou a criança de nove anos. “Quando estamos a pintar também estamos a aprender”, apontou.

O slogan “Escola de Sonhos” está enquadrado no projeto Escola Azul, da EB Afonso Costa, assente na preocupação e nos valores ambientais, e que este estabelecimento de ensino estendeu ao Setúbal Mais Bonita.

“Iniciámos este projeto no ano passado, o qual está enquadrado no âmbito da cidadania e dos valores. A parede que estamos a pintar também foi começada no ano passado e não vai ser terminada este ano”, explica Nuno Ezequiel, professor responsável pela iniciativa.

Segundo o docente, a ideia passa por manter o projeto em permanente desenvolvimento para que os alunos sintam que fazem parte da construção da comunidade escolar e que, quando vão embora, sintam que deixam “um pouco de si no estabelecimento, como se fosse um marco para o futuro”.

O objetivo desta iniciativa de pintura, acrescenta o professor, procura ainda “desenvolver o espírito crítico” das crianças.

Ao longo da manhã, foram centenas os alunos, professores, educadores de infância, encarregados de educação e associações que contribuíram com projetos de requalificação nas escolas.

A EB Humberto Delgado ganhou uma nova cor na fachada principal, num projeto oferecido pelo Lions Clube de Setúbal, que apadrinha a escola, com a substituição da antiga história dos Três Porquinhos por pinturas baseadas em histórias dos livros de Alice Vieira.

“Estão a gostar?”, pergunta a autarca sadina. A resposta afirmativa e assertiva das crianças ouviu-se em uníssono. “Simmmmmmm!”

Ao mesmo tempo, na Escola Profissional Cristóvão Colombo – Polo de Setúbal, 45 jovens, com idades entre os 15 e os 21 anos, constroem um jardim de parede com latas de feijão que recolheram e reciclaram, agora colocadas numa parede a servir de vasos com plantas e ervas aromáticas.

“Este projeto vai estar ao serviço da comunidade, uma vez que toda a gente pode vir aqui colher ervas e especiarias”, explica a professora Sandra Costa, para depois acrescentar que o projeto inclui uma “componente educativa e de incentivo à responsabilidade dos alunos, uma vez que serão os mesmo a cuidar das plantas”.

O Setúbal Mais Bonita foi também à EB Casal das Figueiras, com a comunidade educativa a dar uma nova cor ao muro do campo de futebol, enquanto na EB Manteigadas, os canteiros ganharam novas cores e flores.

Também a creche Golfinho Azul ficou mais bonita, graças a novas floreiras e às pinturas de jogos lúdicos no chão.

Na Associação Baptista Shalom, os muros e a fachada exterior da creche e pré-escolar “Voar Mais Alto” ganharam uma nova cor, enquanto no Jardim de Infância Aquário “O Mar” dá tema a um novo mural.

Até dia 2 de junho, cerca de seis mil voluntários da campanha Setúbal Mais Bonita participam em mais centena e meia de ações de reabilitação e embelezamento do espaço público, como pinturas de fachadas de habitações e de outros edifícios e estruturas do espaço público, reparação de mobiliário urbano, remodelação e criação de áreas verdes e limpezas.

Nas escolas, foram mais de três dezenas de ações de embelezamento executadas.

A campanha Setúbal Mais Bonita é uma iniciativa da Câmara Municipal de Setúbal em parceria com as juntas de freguesia do concelho, com diversos apoios mecenáticos.

Para mais informações deve ser consultada a página do projeto, em facebook.com/setubalmaisbonita.