27° Céu limpo
Descerramento de Lápide aos Militares Mortos - Dia do Exército

 O descerramento de uma lápide em homenagem aos militares mortos na Grande Guerra e o lançamento de um livro estiveram em destaque no dia 23, nas comemorações do Dia Exército a decorrer em Setúbal até dia 27 de outubro.


O antigo Quartel de Infantaria 11, que atualmente alberga a Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal, viu dia 23 de  outubro reposta a lápide evocativa dos militares do Regimento de Infantaria 11 mortos na I Guerra Mundial, entre 1914 e 1918, e originalmente afixada em 10 de junho de 1920.

A cerimónia de descerramento começou com uma breve resenha histórica pelo presidente da Assembleia do Núcleo da Liga dos Combatentes, coronel António Gorrão, e contou com as presenças do chefe do Estado-Maior do Exército, general José Nunes da Fonseca, da presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, e de outros elementos do Executivo municipal.

Para Maria das Dores Meira, este foi o dia que, em Setúbal, se recupera a memória coletiva, “evocando, com respeito, os portugueses que perderam a vida a combater em guerra longínqua e se repôs a memória militar” num edifício que foi quartel e que hoje assume funções distintas.

“Com a reposição desta lápide fica fixada na pedra a finalidade para que este edifício foi construído. Fica, acima de tudo, a homenagem à defesa da soberania de que as forças armadas são garante em tempo de guerra e em tempo de paz”, reforçou a autarca.

 A pedra evocativa ostenta os 54 nomes dos militares da Infantaria 11 caídos em combate, originários maioritariamente das regiões de Setúbal e do Alentejo, na maioria soldados, que partiram para enfrentar nas fileiras de combate e não regressaram.

Após a cerimónia de reposição da lápide no edifício do Quartel do 11, as comemorações do Dia do Exército prosseguiram no Salão Nobre dos Paços do Concelho com o lançamento do livro “Santo António e o Exército”, da autoria de Augusto Moutinho Borges e Pedro Teotónio Pereira.

Os autores realizaram um trabalho de investigação e recolha de imagens e documentação que revelam uma faceta menos conhecida da ligação espiritual de Santo António aos militares e a devoção coletiva que lhe é prestada nos espaços urbanos.

“Este é um momento heroico. Percorremos todo o país para recolher elementos que dificilmente se encontram noutra obra e hoje apresentamos o resultado desta investigação”, sublinhou Augusto Moutinho Borges.

Segundo Pedro Teotónio Pereira, Santo António teve uma “singular carreira militar” que reflete a popularidade do santo entre soldados e população civil. Isto porque, apesar de nunca ter sido militar, Santo António atingiu o posto de tenente-coronel em Portugal graças à devoção que lhe é dedicada pelos militares.

No livro há referências a Setúbal, designadamente à imagem de Santo António presente na Capela de Nossa Senhora da Saúde, que terá sido levada pelos militares para a Batalha do Viso, durante a Guerra Civil, travada a 1 de maio de 1847.

O Dia do Exército 2019, organizado em parceria com a Câmara Municipal de Setúbal, dinamiza, ao longo de nove dias, um conjunto de iniciativas centradas no Largo José Afonso, na Avenida Luísa Todi e no Parque Sant’Iago, de participação gratuita, para a população em geral e também para as escolas.

Até dia 27, sempre entre as 10h00 e as 22h00, o Largo José Afonso e a zona poente da Avenida Luísa Todi recebem demonstrações e exposições das múltiplas capacidades e valências militares do Exército português, com mais de duas dezenas de áreas de interesse.

A iniciativa, que envolve perto de dois milhares de militares nas várias ações, proporciona ainda, gratuitamente, no recinto instalado na Avenida Luísa Todi, de quarta a domingo, entre as 09h00 e as 13h00 e entre as 14h00 e as 18h00, atos médicos e veterinários.

Sábado e domingo, manobras com a movimentação de veículos de grande envergadura, incluindo alguns com lagartas, e de tropas, com disparos, salvas e granadas de fumo, decorrem às 09h00, às 12h00 e às 16h00, numa ação de treino para a cerimónia militar, o ponto alto das comemorações, que se realiza no domingo, às 12h00, no Largo José Afonso, com a participação de cerca de três centenas de militares.

A ocorrência de disparos e de fumo no Largo José Afonso é realizada em situação controlada que decorre no âmbito das manobras militares.

Outro dos pontos altos das comemorações do Dia do Exército 2019 em Setúbal é uma celebração eucarística na Igreja de São Julião, domingo, às 10h30, com transmissão em direto na RTP1.