Bairro Salgado - Aguarelas de Madureira Pais

Uma exposição com trinta aguarelas de Madureira Pais sobre os edifícios, as ruas e as particularidades do Bairro Salgado, um dos mais característicos núcleos habitacionais de Setúbal, é inaugurada no dia 16 de dezembro, pelas 16h00, no Museu do Trabalho Michel Giacometti.


Sob o título “Bairro Salgado – Do Bairro ao Museu”, a exposição, organizada pela Câmara Municipal de Setúbal, fica patente no Museu do Trabalho até 24 de fevereiro, com entrada gratuita.

No conjunto das três dezenas de obras em aguarela estão representados o portal da Gafaria de Nossa Senhora da Saúde, a antiga Garagem Bocage, o Infantário Popular do Bonfim e as antigas instalações da delegação de Setúbal da PIDE.

São ainda ilustradas igrejas, uma antiga padaria, conjuntos residenciais e os portões de acesso aos quintais, que eram frequentes nas melhores moradias do bairro, como espaço de lazer e de convívio dos moradores e das visitas.

De acordo com o folheto da mostra, o Bairro Salgado, conjunto habitacional, comercial e de serviços delimitado pela Avenida 5 de Outubro, Rua Almeida Garrett e avenidas Manuel Maria Portela e Alexandre Herculano, é “um rico microcosmo de memórias, experiências e tradições que merecem ser preservados e celebrados”.

As gentes e o património de Setúbal são a inspiração constante de António Madureira Pais, nascido em 1961, em Valpaços.

Desde muito novo que desenha e pinta, mas foi já perto dos 40 anos que encarou os pincéis, os lápis e as tintas com mais seriedade e passou a mostrar trabalhos em exposições individuais e coletivas.

Integrou a associação Pró-Arte e atualmente é membro da ARTISET – Associação dos Artistas Plásticos de Setúbal.

A inauguração de “Bairro Salgado – Do Bairro ao Museu” está agendada para 16 de dezembro, às 16h00, com a presença do presidente da Câmara Municipal de Setúbal, André Martins.