17° Possible Light Rain
Charlie e a Fábrica de Chocolate

O cinema está na rua, ao longo de junho, com a exibição de sete obras cinematográficas, em sessões gratuitas, sempre com início às 21h30, a realizar em todas as freguesias do concelho.


O ciclo Cinema na Rua, uma organização da Câmara Municipal de Setúbal, juntas de freguesia do concelho e 50 Cuts – Associação Cinematográfica, é dinamizado com o objetivo de criar novos locais de fruição cultural além do centro da cidade.

A primeira sessão agendada para 6 de junho, no rinque do Clube Desportivo e Recreativo Águias de São Gabriel, com a exibição do filme “Charlie e a Fábrica de Chocolate”, do realizador Tim Burton, com Johnny Depp, foi adiada devido à previsão de chuva. A sessão foi reagendada para o dia 10, à mesma hora e no mesmo local.

Segue-se, a 8, no Jardim de Vanicelos, a exibição de “Os Gatos não têm Vertigens”, de António-Pedro Vasconcelos, uma comédia dramática com José Afonso Pimentel, Nicolau Breyner, Joaquim Leitão, Ricardo Carriço e Maria do Céu Guerra.

“A Gaiola Dourada”, filme de Ruben Alves, com Rita Blanco, Joaquim de Almeida, Roland Giraud e Chantal Lauby no elenco, está em destaque na sessão de dia 9, que se realiza no Jardim da Liberdade, no Faralhão.

O ciclo Cinema na Rua continua no dia 13, com o pátio da Escola Básica do Viso a receber o filme “O Meu Tio”, uma comédia clássica com direção e interpretação de Jacques Tati.

Já no dia 15, é a vez de “A Família Bélier”, obra cinematográfica de Éric Lartigau, com Karin Viard, François Damiens e Eric Elmosnino, passar pelo LATI – Liga dos Amigos da Terceira Idade.

Em Azeitão, o “Rossio” de Vila Nogueira recebe, a 21, o filme “Há Festa na Aldeia”, um clássico realizado e interpretado por Jacques Tati que promete uma noite de muitas risadas.

O ciclo Cinema na Rua termina no dia 29, no Largo da Junta de Freguesia de Gâmbia-Pontes-Alto da Guerra, com “Cinema Paraíso”, do realizador Giuseppe Tornatore, com Antonella Attili, Enzo Cannavale, Isa Danieli e Leo Gullotta.