28° Céu limpo

Dos 341 desenhos apresentados, apenas 20 decoram as esculturas de resina, réplicas do roaz-corvineiro, com 2,5 metros de comprimento e envergadura à escala.

A exposição, patente até 30 de setembro, apresenta esculturas coloridas, representativas de três posições consideradas icónicas do movimento dos golfinhos – a sair, a sobrevoar e a mergulhar na água.

As propostas escolhidas foram aplicadas nas esculturas dos golfinhos pelos próprios concorrentes, entre 26 de abril e 29 de maio, com materiais de pintura também cedidos pela Autarquia.

Mostra na Casa da Baía

Os mais de 300 desenhos a concurso ficam em exposição na Casa da Baía, numa mostra a inaugurar no dia 8, às 18h30, seguindo-se a cerimónia de entrega de prémios do “Golfinho Parade”.

Esta exposição, patente até 31 de agosto, sobre as enseadas pertencentes ao Clube das Mais Belas Baías do Mundo, inclui painéis com fotografias dos membros, além de um mapa-mundo com as localizações e de um filme promocional. Uma outra película é exclusivamente dedicada à mais recente candidata ao clube, a Horta, nos Açores.

A complementar a exposição, que assinala o aniversário da Associação Baía de Setúbal, a Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal apresenta uma pequena mostra gastronómica representativa dos cinco continentes e há animação com estátuas vivas a cargo do Teatro do Elefante.