Parcialmente nublado
Montras com Arte - Baixa de Setúbal - primeira ação

Cerca de duas dezenas de lojas da Baixa de Setúbal foram intervencionadas artisticamente no dia 3, na primeira ação do projeto de requalificação de imagem urbana Montras com Arte, que contou com o envolvimento de diversos artistas da cidade.


Além da atividade comercial e de decorações originais nas ruas, a Baixa setubalense tem agora mais motivos de interesse, com o tradicional espaço de comércio da cidade a ser transformado numa galeria de street art a céu aberto.

Na primeira ação do Montras com Arte foram intervencionados com obras de arte cerca de duas dezenas de estabelecimentos comerciais instalados nas ruas Augusto Cardoso, Serpa Pinto e Dr. Paula Borba, através da pintura de estores e gradeamentos, elementos pouco estéticos e apelativos que agora ganharam nova vida.

Este projeto, promovido pela Câmara Municipal de Setúbal com o envolvimento dos comerciantes da Baixa, procura, de uma forma original, criar uma nova dinâmica de valorização e atração de visitantes ao centro histórico sadino para lá do período normal de funcionamento do comércio tradicional local.

Com o envolvimento de vários artistas de rua, foram pintadas, através de diferentes técnicas e estilos artísticos, componentes das lojas que só estão visíveis ao público nos períodos de encerramento dos estabelecimentos.

É o caso do número 87 da Rua Dr. Paula Borba, que, agora, tem estampado o rosto do poeta setubalense Bocage.

Os especialistas em arte urbana, na maioria setubalenses, englobaram nas pinturas aspetos relacionados com a cidade ou com a área de negócios de cada uma das lojas.

Os setubalenses David Simões, Xoto e Filipa, Henrique de Melo, Filipe Figueiras e Ruben e o lisboeta Smile foram alguns dos artistas que participaram na primeira ação do projeto de requalificação da imagem urbano do centro histórico sadino.

As pinturas ao vivo do Montras com Arte regressam ao centro histórico no próximo sábado, dia 10, a partir das 20h00, com intervenções nas ruas Álvaro Castelões e Antão Girão, e ainda no Largo da Misericórdia e na Travessa de Santa Maria.