15° Céu limpo
Mural 18

Setúbal integra, juntamente com os outros municípios da AML – Área Metropolitana de Lisboa, um projeto inédito de programação cultural em rede, com financiamento europeu, iniciado a 15 de janeiro e a decorrer até setembro, para apoio da comunidade artística e defesa da cultura.

Residências artísticas, ciclos de programação cultural e iniciativas de divulgação e promoção do património cultural são ações propostas no âmbito do projeto Mural 18, o qual resulta de uma candidatura conjunta apresentada pelos municípios da AML – Área Metropolitana de Lisboa.

Esta iniciativa, que acontece numa altura especialmente delicada para todo o setor cultural, resulta de uma vontade conjunta de criar uma programação que sublinha a importância da cultura na vida das comunidades, constituindo, em simultâneo, um apoio a quem faz da cultura a sua vida e forma de subsistência.

8.083 | visualizações desde 7 de janeiro

7.987 | novas visualizações

3.884 | visualizações no arranque da programação, a 15 de janeiro

Este projeto, a decorrer entre janeiro e setembro de 2021, é dinamizado no âmbito do Programa Operacional Regional Lisboa 2020 e conta com uma comparticipação financeira de 1,5 milhões de euros através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

No caso de Setúbal, à semelhança dos outros 17 municípios da AML – Área Metropolitana de Lisboa, é atribuído no âmbito deste projeto um financiamento no valor de 69 mil e 450 euros para a dinamização de diversas atividades artísticas.

A AML – Área Metropolitana de Lisboa e os seus 18 municípios pretendem, com a organização do Mural 18, recentrar a atenção na comunidade artística e promover a democratização da cultura, incentivando e assegurando o acesso de todos os cidadãos à fruição e criação cultural no território metropolitano.

MURAL 18 | OBJETIVOS

A oferta da programação cultural nas mais diversas vertentes artísticas e na promoção e divulgação do património natural e cultural assenta nos seguintes objetivos específicos:

  • Valorização paisagística e qualidade do ambiente urbano;
  • Comunicação digital e inclusiva sobre o Património Cultural e natural e toda a oferta existente na programação dos 18 municípios da AML;
  • Salvaguarda do Património Natural;
  • Valorização do Património Cultural da região (AML);
  • Promoção Turística;
  • Promoção de um roteiro de arte urbana através da elaboração de 18 murais;
  • Eventos culturais.