17° Possible Light Rain
Artur Pizarro

Artur Pizarro, Cristiano Rios e a Orquestra Metropolitana de Lisboa são os protagonistas das V Jornadas de Música de Câmara de Setúbal, a decorrer nos dias 24, 26 e 27, no Fórum Municipal Luísa Todi.


A quinta edição do programa dedicado à música de câmara abre com “Pérolas Esquecidas”, de Artur Pizarro, atuação agendada para o dia 24, com início às 21h30, na qual interpreta obras de compositores dos séculos XIX e XX.

O pianista, galardoado em eventos como o Concurso Vianna da Motta, Greater Palm Beach Invitational Piano Competition e o Leed International Piano Competition, apresenta Allegro Op. 8, de Schumann, “Escenas Románticas”, de Granados, “Tema e Variações” Op. 73, de Fauré, “Pensées Extatiques”, de António Fragoso, e “Três Epitáfios e Epitalâmio”, de Fernando Lopes-Graça.

Os bilhetes para a plateia têm o valor de 12 euros e, para o balcão, nove euros.

O percussionista Cristiano Rios, vencedor do Prémio Percussão do Prémio Jovens Músicos 2019, da Antena 2, apresenta, no dia 26, às 21h30, obras do compositor norte-americano Mark Applebaum, do compositor de música eletroacústica João Pedro Oliveira e do teórico musical grego Iannis Xenakis.

As entradas custam sete euros, para a plateia, e quatro euros, para o balcão.

A encerrar as V Jornadas de Música de Câmara, a Orquestra Metropolitana de Lisboa leva à sala de espetáculos setubalense o concerto “Das Margens da Luz”, constituído por um reportório inspirado em grandes compositores portugueses, casos de Cláudio Carneyro, Fernando Lapa, Fernando Lopes-Graça e Sérgio Azevedo.

A participação da Metropolitana, no dia 27, às 18h00, inclui as atuações dos solistas Janete Santos, na flauta, Jorge Camacho, no clarinete, e Anna Tomasik, no piano.

Os bilhetes custam nove euros para a plateia e seis euros para o balcão.

As V Jornadas de Música de Câmara de Setúbal, organizadas pela Câmara Municipal, proporcionam ainda a possibilidade de aquisição de um passe para todos os espetáculos, no valor de 20 euros.