17° Muito nublado

O programa Nosso Bairro, Nossa Cidade, lançado em 2012 pela Câmara Municipal de Setúbal, foi distinguido com o Prémio de Boas Práticas no concurso da AICE – Associação Internacional das Cidades Educadoras.


O projeto, que dinamiza, com o envolvimento direto dos moradores, um conjunto de ações e iniciativas de melhoria do território e de aumento da qualidade de vida das populações da Bela Vista, Alameda das Palmeiras, Forte da Bela Vista, Quinta de Santo António e Manteigadas, foi um dos três vencedores entre 62 candidaturas, de 49 cidades membros provenientes de 12 países.

Após a análise dos projetos concorrentes, o júri internacional composto por professores académicos e representantes do Comité Executivo da AICE decidiu atribuir o Prémio de Boas Práticas para cidades para a educação e para a cidadania através da participação ao projeto apresentado pela Câmara Municipal de Setúbal.

Segundo o júri, esta boa prática é um exemplo a seguir noutros países, pois “ilustra o potencial educador para transformar as cidades através da participação popular, com o envolvimento de diferentes áreas municipais, trazendo inovação”.

O júri também apreciou o impacto desta experiência que “consegue capacitar os habitantes de uma área carente da cidade, com diversidade cultural, para transformar as suas comunidades e melhorar as suas vidas”.

Segundo os especialistas que avaliaram os projetos a concurso, o projeto da Câmara Municipal de Setúbal que envolve a participação ativa dos moradores, “promove a coresponsabilidade a partir da perspetiva de participação de baixo para cima”.

Com este prémio, a AICE quer “valorizar e reconhecer o trabalho da cidade de Setúbal para que sirva de inspiração a outras cidades na construção de ambientes mais educadores, inclusivos e participativos”.

O Prémio de Boas Práticas da AICE é entregue ao município de Setúbal a 16 de novembro, em Cascais, no âmbito do XV Congresso Internacional de Cidades Educadoras.

A implementação do programa municipal Nosso Bairro, Nossa Cidade tem proporcionado, desde 2012, uma transformação nos bairros abrangidos, através de ações como a pintura de prédios, atividades culturais e desportivas e projetos concretos que respondem a necessidades da população, sempre com a participação ativa dos moradores em estreita parceria com a autarquia.

O programa municipal já tinha sido reconhecido no concurso nacional M2V – Melhores Municípios para Viver 2017, promovido pelo Instituto de Tecnologia Comportamental, que atribuiu ao projeto Saúde no Bairro, desenvolvido no âmbito do Nosso Bairro, Nossa Cidade, uma menção honrosa por ser uma iniciativa inovadora que promove a qualidade de vida das populações.

 

Documentos Relacionados