5.ª edição do Film Fest - O Inquilino Sinistro

O filme “O Inquilino Sinistro”, de Alfred Hitchcock, acompanhado de música ao vivo criada por Jorge Salgueiro abriu no dia 13 de outubro, no Fórum Municipal Luísa Todi, a quinta edição do Film Fest, a decorrer até dia 22.


Cine-concertos, workshops e um encontro de realizadores e produtores compõem o programa do evento, organizado pela Câmara Municipal de Setúbal, com parcerias e apoios, que partilha o prazer de assistir a filmes musicados no momento em sessões para todos os públicos no Fórum Municipal Luísa Todi e no Cinema Charlot – Auditório Municipal.

A sessão de abertura, na noite de 13 de outubro, contou com a exibição do thriller “O Inquilino Sinistro”, de Alfred Hitchcock, acompanhado de banda sonora original criada por Jorge Salgueiro e interpretada ao vivo por Ana Filipa Leitão, Maria Inês Beira, Sara Brites, Emídio Coutinho, Eurico Cardoso e Jorge Vinhas.

O segundo cine-concerto, realizado no dia 14, no Cinema Charlot – Auditório Municipal, contou com a exibição de “Chang”, de Merian C. Cooper e Ernest B. Schoedsac, com banda sonora de Bruno Teixeira (handpan, pantam, hang player), Sunil Pariyar (flautas de bambu) e Carlos Santos (percussão).

O programa do Film Fest – Festival de Cinema Musicado ao Vivo incluiu ainda na tarde de 14 de outubro, na Casa da Cultura, a realização do 5.º Encontro de Produtores e Realizadores de Cinema, organizado pela Associação Cinematográfica 50 Cuts em parceria com a autarquia, que refletiu sobre as bandas sonoras de filmes e os compositores enquanto participantes no processo de criação da obra cinematográfica.

O evento, dinamizado no âmbito do programa Set’Curtas, contou com apresentações de Joaquim Pavão, Aurélien Lino e Timóteo Azevedo, as quais procuraram analisar a importância da banda sonora na narrativa cinematográfica e dar a conhecer o trabalho dos criadores que pensam e criam o ambiente musical para um filme.

Os cine-concertos regressaram na tarde de 14 de outubro ao Cinema Charlot com a exibição do filme português “Dentre”, de Joaquim Pavão, que também criou a música que interpretou ao vivo acompanhado de Xavier Marques e Isabel Fernandes Pinto.

À noite foram exibidas as curtas-metragens “Diga ah-h!”, “Uma Noite em Claro” e “Um Inquilino”, de Charley Bowers, acompanhadas de música por Jorge Ferraz.

O Film Fest prossegue, nos dias 18 e 19 de outubro, às 10h30, no Cinema Charlot, com as sessões para escolas “Baby Peggy em dose dupla”, com a exibição de “A jovem repórter” e “Carmen, Jr.”, de Alfred J. Goulding, com banda sonora original por Joana Rolo.

A 20, às 21h30, igualmente no Charlot, é exibido o filme “A Boneca”, de Ernst Lubitsch, com música do projeto Cabra Cor de Rosa, composto por Vasco Espinhal Otero, Gabriel Salvador e Vasco Carvalho.

No dia 21, às 16h00, no Fórum Municipal Luísa Todi, a exibição da película “As Aventuras Extraordinárias de Mr. West no País dos Bolcheviques”, de Lev Kuleshov, é acompanhada de música criada por Robert Schumann e Felix Mendelssohn e interpretada ao vivo pelo Ensemble da Orquestra Metropolitana de Lisboa, composto por José Pereira, Joana Dias, Santiado Medina e Tiago Mirra.

No mesmo dia, a partir das 21h30, no Cinema Charlot, a sessão “As Primeiras Mulheres ‘Desagradáveis’ no Cinema” contempla “Rainhas da Destruição”, de vários autores, com música por Violeta Azevedo e Bertrand Bertrand, e “Tu não mandas em mim”, também de vários autores, musicado pelo projeto Descomposição Transitória Ambulante, de Maria do Mar e Felice Furioso.

A quinta edição do Film Fest encerra no dia 22, às 16h00, no Fórum Municipal Luísa Todi, com a “Sessão Família – Saída do Tinteiro: o palhaço Koko” dedicada à exibição de sete curtas-metragens de Max Fleischer e Dave Fleischer acompanhadas de música pelo Conservatório Regional de Setúbal. A atriz Célia David, do Teatro Animação de Setúbal, faz a locução dos intertítulos.

As entradas para as sessões do Film Fest têm o custo de 5 euros para o público em geral e 4 euros para menores de 25 e maiores de 65. Há ainda o passe Film Fest, de acesso a todas atividades, por 30 euros.

Já a “Sessão Família” é gratuita para menores de 10 anos, enquanto as sessões para escolas têm entrada livre mediante inscrição prévia para o endereço de correio eletrónico film.fest@mun-setubal.pt.

A quinta edição do Film Fest – Festival de Cinema Musicado ao Vivo conta ainda com um conjunto de atividades paralelas, que incluiram, no dia 14, no Atelier :2Pontos, o atelier “Na cabeça de Koko”, para crianças dos 5 aos 12 anos, conduzido por Rita Melo e Ricardo Crista.

A Casa das Imagens – Lauro António acolhe, a 20, às 10h30, “Os filmes e as canções”, oficina destinada a utentes da APPACDM, conduzida por Fernando Molina e Olinda Lima, com inscrições pelo endereço 50cuts.cinema@gmail.com.

No dia 21, das 11h00 às 12h00, Marisa Borralho conduz a atividade lúdica “Saxofone 4All com Koko”, para maiores de 3 anos, com inscrições a 3 euros pelo endereço de correio eletrónico rececao.casadacultura@mun-setubal.pt.

Durante o período em que se realiza Film Fest, até dia 22 de outubro, o Artes Café, na Casa da Cultura, disponibiliza uma carta de bebidas inspirada nos filmes que compõem a quinta edição do certame.