24° Muito nublado
Obras - pintura de ciclovia | projeto HUB10

A Câmara Municipal de Setúbal, que, em conjunto com os municípios de Palmela e Sesimbra, impulsionou uma obra de requalificação urbana na Estrada dos Quatro Castelos, está a finalizar as intervenções no troço cuja gestão lhe pertence.


“HUB10 – Plataforma Humanizada de Conexão Territorial” é a designação da operação intermunicipal dinamizada ao longo da Estrada dos Quatro Castelos, via que se encontra na orla dos municípios de Setúbal, Palmela e Sesimbra e que foi alvo de uma profunda requalificação urbana.

Esta ação, concretizada com financiamento comunitário assegurado ao abrigo do Lisboa 2020 – Programa Operacional Regional de Lisboa, englobou trabalhos de reabilitação da rede viária e pedonal, incluindo a criação de uma ciclovia, arranjos paisagísticos, iluminação pública e a criação de redes de drenagem de águas pluviais.

No que respeita à intervenção liderada pela Câmara Municipal de Setúbal, os trabalhos estiveram centrados num troço com cerca de 900 metros compreendido entre a ponte da Ribeira de Coina, antes da entrada para a Quinta do Conde, e o novo nó giratório criado naquela estrada para acesso, entre outros, à A2.

No âmbito deste investimento, a autarquia setubalense tem em curso a finalização da nova ciclovia criada neste troço com gestão municipal, o qual está a receber um revestimento superficial slurry, composto por uma argamassa sintética colorida de elevada resistência.

O HUB10 foi dinamizado com o intuito de promover a melhoria de um eixo de comunicação numa perspetiva integrada e inclusiva do território e das comunidades, com a promoção de melhores acessibilidades e a harmonização do modo rodoviário com a mobilidade suave.

O projeto tem como objetivo promover a Península de Setúbal como uma área privilegiada e dinâmica de expansão da região metropolitana de Lisboa, através da melhoria desta via de comunicação estruturante no contexto da conurbação urbana composta pelas duas margens da cidade de Lisboa.

No caso de Setúbal, esta ação é dinamizada em articulação com o projeto Ciclop7 – Rede Ciclável e Pedonal da Península de Setúbal, em curso na cidade sadina, e que se traduz na implementação de novas soluções de mobilidade urbana, incluindo novos troços urbanos de ciclovia.

Esta operação urbanística, igualmente em curso e já com várias secções finalizadas, abrange um troço rodoviário e pedonal compreendido entre o final da Avenida 5 de Outubro e o limite norte do concelho de Setúbal, numa extensão total de aproximadamente três mil metros.