Obra | Requalificação da Rua dos Carmelitas
Data de Início
maio de 2024
Prazo previsto de execução
90 dias
Género
Empreitada adjudicada a Santos & Pulquério, Lda.
Investimento
55.934,90 €
(acresce IVA à taxa legal em vigor)
Objetivos

Requalificação do espaço exterior da Rua dos Carmelitas, para melhoria das condições de acessibilidade aos moradores e a pessoas de mobilidade reduzida, em que se inclui a execução de um sistema de escoamento superficial de drenagem de águas pluviais.

SITUAÇÃO ATUAL

  • Com uma área aproximada de 370 metros quadrados, a intervenção localiza-se na Rua dos Carmelitas, no Bairro do Troino, na União de Freguesias de Setúbal.
  • A rua encontra-se vedada e com um portão de acesso aos moradores, no patamar superior do primeiro lance de escadas.
  • Os pavimentos são de calçada de cubos de vidraço e calçada de pedra irregular, de um modo geral muito degradados, com buracos e abatimentos, enquanto os degraus têm espelhos em lancil de calcário e cobertor em calçada de vidraço miúdo.
  • Não está garantida a acessibilidade pedonal a pessoas com mobilidade condicionada devido ao desnível existente, que ascende aos 10 metros entre a Rua Marques da Costa, a nascente, e o extremo oposto da Rua dos Carmelitas, a poente.
  • O coletor de drenagem unitário existente sofreu um abatimento que compromete o seu normal funcionamento.

DESCRIÇÃO GERAL DA OBRA

  • A intervenção proposta incide sobre a requalificação de toda a área exterior da Rua dos Carmelitas, a executar após a construção do coletor de águas residuais domésticas, com o objetivo de criar um espaço organizado, simples, de carácter contínuo e flexível, para proporcionar uma ocupação coletiva e multifuncional, com conforto e segurança.
  • São mantidas as funções existentes, concretamente o acesso às habitações, circulação pedonal e possibilidade de estadia e recreio, sendo o perfil longitudinal mantido praticamente igual ao existente, enquanto o transversal da parte superior da rua é nivelado, com uma pequena pendente para o eixo, culminado numa valeta de lajetas que assegura o escoamento superficial das águas residuais pluviais ao longo de toda a extensão da rua até ao patamar mais baixo da das escadas, onde se prevê um órgão de recolha.
  • A escadaria proposta coincide praticamente com a escadaria existente, mas com degraus iguais, com 35 x 15 centímetros e um duplo corrimão central.
  • Prevê-se a instalação de uma rampa metálica, a qual permitirá o acesso a uma habitação ocupada por uma pessoa em cadeira de rodas.
  • Todos os materiais utilizados são económicos, duráveis e de simples manutenção.

Drenagem

    • A solução adotada não leva a um acréscimo da impermeabilização do terreno e mantêm-se as direções e sentidos de escoamento existentes. Devido à dificuldade de acesso de viaturas para manutenção e limpeza, foi adotada uma solução de escoamento superficial. Assim, o escoamento é feito superficialmente ao longo da Rua dos Carmelitas, sendo a água encaminhada para uma valeta localizada no eixo da mesma, quer na parte superior do arruamento, quer na zona das escadas, neste caso entre os corrimãos.

Pavimentos e muros

    • Procurou-se implantar soluções de pavimentos que sejam consentâneas com a utilização do espaço exterior, económicas, duráveis e de fácil manutenção.
      O pavimento é maioritariamente em lajetas do tipo Soplacas, com textura finamente britada, “Betoplan Blaster”, na cor amêndoa.
    • As escadas são em lancil vidraço reto de calcário de 8 x 20 x 100 centímetros e lajetas do tipo Soplacas, com textura finamente britada, “Betoplan Blaster”, na cor amêndoa, com cobertores de 35 cm de largura e espelhos de 15 centímetros de altura. Na parte superior e inferior dos patamares com dimensão suficiente prevê-se piso de cautela composto por barras arredondadas de largura de 20 milímetros do tipo “lajeta CT”, cor preto, com 40 x 40 x 6 centímetros, da Presdouro ou equivalente.
    • A rampa prevista é em chapa gotas de 6 mm de espessura e corrimãos metálicos.
    • A valeta de recolha do escorrimento superficial das águas pluviais é em lajetas do tipo Soplacas, com textura finamente britada, “Betoplan Blaster” ref. 230, com 20x20x4,5 centímetros, na cor amêndoa.
    • Os muros de suporte são em alvenaria de blocos de betão ligeiramente armada, rebocada e pintada a duas demãos de tinta plástica, com guardas em perfis de aço decapados, metalizados e pintados.
    • Os limitadores são fixos, do tipo Veco Urban Design, modelo “LI 76”, em tubo de aço com Ø76×1000 milímetros (800 milímetros visíveis), com 3 mm de espessura, metalizados e lacados à cor cinza forja, chumbados em betão com profundidade de 200 milímetros.
    • Em todas as situações em que for necessário proceder ao nivelamento das caixas de infraestruturas (caixas de esgotos, águas, EDP, PT, sumidouros, etc.) resultantes da implantação dos pavimentos, há que incluir o arranque dos aros, acrescento das caixas, execução de nova base de betão, fixação dos aros e remates com os pavimentos contíguos.

Acessibilidade pedonal

    • Foi dada prioridade à acessibilidade pedonal, através da utilização de pavimentos lisos, construção de nova escadaria e de uma rampa de acesso a uma das habitações ocupada por uma das pessoas em cadeira de rodas, em conformidade com o Decreto-Lei 163/2006, de 8 de agosto.
    • A nova rampa tem uma inclinação não superior a 8 por cento e com uma projeção horizontal não superior a 5 metros e corrimãos.
    • Os pavimentos apresentam uma pequena inclinação transversal não superior a 2 por cento, devendo ser garantida qualidade construtiva nos remates, transição de materiais e juntas.
    • As escadas têm cobertores com 35 centímetros de largura e espelhos de 15 centímetros de altura com patamares de descanso, piso de cautela e um duplo corrimão central.
    • O espaço é acessível com exceção da parte inferior e a parte inferior da Rua dos Carmelitas face ao desnível existente (sensivelmente 10 metros) e por se tratar de uma zona consolidada.

VANTAGENS E BENEFÍCIOS DA INTERVENÇÃO

Melhoria da mobilidade e das acessibilidades e requalificação do espaço público urbano.