20° Céu limpo
Autocarro TST

O passe único Navegante Família, que permite que três ou mais membros de um agregado familiar, com residência na Área Metropolitana de Lisboa, incluindo Setúbal, paguem no máximo o valor de dois títulos mensais, entra em vigor a 22 de julho.


O passe único Navegante, que uniformiza a utilização, a preços reduzidos, do sistema de transportes públicos na AML – Área Metropolitana de Lisboa, arrancou em abril e tem vindo a registar um aumento continuado na procura.

Os beneficiários deste sistema, que representa uma mudança histórica que consagra o direito de mobilidade para a população, podem agora beneficiar do passe Navegante Família, o qual dá acesso à rede pública de transportes a três ou mais elementos pertencentes ao mesmo agregado familiar, com residência comprovada num dos 18 municípios da AML.

O passe Navegante Metropolitano Família permite que todos os membros do agregado familiar possam utilizar as linhas de transportes dentro dos municípios agrupados pela AML, com um custo mensal máximo de 80 euros, ou seja, o valor de dois passes Navegante.

Para os utilizadores do Navegante Municipal Família, que permite que todos os membros do agregado família possam circular nas linhas dentro do limite geográfico do concelho selecionado pelo agregado familiar, o custo mensal máximo deste serviço é de 60 euros.

Podem beneficiar do Navegante Família elementos ascendentes e descendentes do agregado familiar, cônjuges, pessoas em união de facto, crianças e jovens em regime de adoção e de tutela.

Para que estas pessoas tenham acesso ao serviço familiar é necessário integrarem o agregado familiar do requerente responsável, um dos sujeitos passivos na declaração de IRS, cuja morada fiscal esteja registada num dos 18 municípios da AML, de acordo com informação prestada à Autoridade Tributária.

O passe Navegante Família, cujo uso impõe que todos os membros do agregado familiar sejam titulares do cartão Lisboa Viva, pode ser requerido a partir de 22 de julho nos postos de atendimento dos operadores de serviço público de transportes regulares de passageiros, indicados nos sites www.aml.pt e www.portalviva.pt .

A requisição do serviço obriga ao preenchimento de um requerimento de acesso, disponível nos balcões dos operadores de transporte indicados. Após entrega da documentação, que varia consoante as características do agregado familiar, a ativação do Navegante Família pode demorar até dez dias, estando sujeita à verificação do cumprimento das condições de acesso.

Todos os passes são de periodicidade mensal e permitem recarregamentos efetuados a partir da rede Multibanco.

Mas informação podem ser consultadas nesta ligação.