24° Muito nublado
Quarteto Solaris

O Círculo de Jazz Fest de 2020, que trouxe a Setúbal, em janeiro, nomes como Carlos Bica ou Mário Laginha, tem continuidade ao longo do ano com concertos mensais, cabendo a vez, em fevereiro, ao Quarteto Solaris.


Fevereiro marca o início dos concertos periódicos mensais integrados no âmbito do Círculo de Jazz Fest, certame organizado pela Câmara Municipal de Setúbal e que conheceu a nona edição ao longo da segunda metade de janeiro.

Para este primeiro concerto mensal, está reservada a atuação do Quarteto Solaris, a 29 de fevereiro, com início às 22h00, na Sala José Afonso da Casa da Cultura.

O quarteto interpreta um reportório de jazz, mas também de música brasileira, composições originais do grupo e, ainda, temas de compositores portugueses.

Os bilhetes têm o valor de quatro euros e as reservas podem ser feitas pelo telefone 265 263 168 ou pelo endereço casacultura@mun-setubal.pt.

O programa principal do 9.º Círculo de Jazz Fest concentrou em Setúbal, entre os dias 17 e 25 de janeiro, nomes sonantes do jazz nacional.

Neste período, passaram pelos palcos da cidade sadina artistas e grupos como Mário Laginha Trio, o quarteto de Rodrigo Amado, Ricardo Toscano, Hernâni Faustino e João Lencastre, André Rosinha Trio e The Rite of Trio.

O programa incluiu, ainda, concerto da Big Band Júnior, da dupla Mário Delgado e Carlos Barretto, do Desidério Lázaro Quarteto e de Carlos Bica & Azul.