“Raio de Ti”, uma performance autobiográfica de dança e vídeo da coreógrafa e bailarina Rita Vilhena, é apresentada nos dias 14 e 15 de novembro, às 20h00, no espaço A Gráfica – Centro de Criação Artística.


A peça, criada por Rita Vilhena e produzida pela Partícula Extravagante, reflete sobre a apropriação artística e levanta questões relacionadas com a experiência e a história de vida, a memória, o lugar de fala e a performatividade, além de revelar a emancipação e o poder da criação artística da mulher.

“Raio de Ti” apropria-se do filme “Nether Ballerina of Rottingdam”, de Demetri Estdelacropolis, que, entre 2005 e 2007, explorou a imagem de Rita Vilhena, “altamente erotizada, em tarefas mundanas e em trabalhos precários, a fim de sobreviver na sua condição de artista”, refere a sinopse do espetáculo.

Por motivos de doença do realizador canadiano, o filme não chegou a ser concluído, levando a protagonista a resgatar as suas próprias memórias de vida e a concluir a obra após revisitar mais de 150 horas de registo das cassetes miniDV.

O projeto foi depois preparado em residências artísticas realizadas em Setúbal, Lisboa e Faro.

A seguir à estreia, “Raio de Ti”, com dramaturgia de Márcia Lança e de Ana Vitória e música de Henrique Vieira, apresenta-se pelo país, com uma sessão já marcada para Lisboa, a 24 de novembro.

A entrada para o espetáculo em Setúbal é livre, mediante reserva antecipada no endereço agrafica@mun-setubal.pt.